Crime

Pedreiro é assassinado próximo ao Fórum do Recife, na Ilha de Joana Bezerra

O homem estaria almoçando, quando criminosos armados chegaram e efetuaram os disparos

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 02/12/2020 às 17:35
Notícia
ALEX OLIVEIRA/JC IMAGEM
Testemunhas alegam que o homem foi surpreendido pelos criminosos enquanto almoçava - FOTO: ALEX OLIVEIRA/JC IMAGEM
Leitura:

* Com informações do repórter Mário Oliveira, da TV Jornal

Um pedreiro foi executado, na tarde desta quarta-feira (2), próximo ao Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, na Ilha Joana Bezerra, região central do Recife. O corpo foi encontrado embaixo do Viaduto Joaquim Cardoso. O homem identificado como Gabriel Bandeira Pinho, de 22 anos, trabalhava em uma obra ao lado do local em que foi assassinado.

Testemunhas relataram que Gabriel estava almoçando quando homens armados, ainda não identificados, teriam se aproximado e disparado contra a vítima.

>> Grande Recife teve aumento de 49% nos tiroteios no mês de novembro, aponta plataforma

>> Recife registra aumento de 31% nos homicídios em outubro, mês mais violento do ano

Peritos do Instituto de Criminalística identificaram, ao menos, oito perfurações de tiros pelo corpo do pedreiro. Hipótese investigada é que o crime seja uma execução. Ainda segundo a perícia, foram encontrados indícios de que o homem seria usuário de drogas. Caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Violência em Pernambuco

No último mês de outubro, 59 pessoas foram assassinadas apenas no Recife, segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS). Enquanto no mesmo período do ano anterior, foram 45. O aumento é de 31,11%. Em números absolutos, a capital pernambucana registrou o mês mais violento do ano. Importante destacar que as estatísticas de homicídios são divulgadas sempre até o dia 15 de cada mês.

Em Pernambuco, também houve aumento no número de assassinatos. Em outubro, 333 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) foram contabilizados. Enquanto no mesmo período de 2019, foram 315. O aumento foi de 5,7%. No total, o Estado já somou 3.171 mortes violentas nos primeiros dez meses do ano. São 10,3% a mais do que o mesmo período de 2019, quando 2.876 vidas foram perdidas.

Comentários

Últimas notícias