PANDEMIA

Pernambuco e Nordeste registram menores taxas de mortalidade por covid-19 do Brasil

Dados estão em relatório da Organização Panamericana de Saúde (OPAS)

Angela Fernanda Belfort
Angela Fernanda Belfort
Publicado em 18/04/2021 às 17:41
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Pernambuco e o Nordeste apresentaram menores taxas de mortalidade da covid-19 nos últimos 30 dias, segundo um relatório da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Atualizada às 22h51

O Estado de Pernambuco e a Região Nordeste registraram respectivamente, nos últimos 30 dias, as menores taxas de mortalidade por covid-19 do Brasil, segundo um relatório da Organização Panamericana de Saúde (OPAS) divulgado na última sexta-feira (16). Neste período (que se encerrou no dia 15 de abril), a taxa de mortalidade no Estado foi de 16,5 casos para 100 mil habitantes. A média da região e do País ficaram em 25,1 e 39,2 casos também para cada 100 mil habitantes.

Também para cada 100 mil habitantes, foram registrados os seguintes números de taxa de mortalidade para as seguintes regiões: Norte (29,1), Sudeste (42,8), Centro-Oeste (56,6) e Sul com 55,7 casos para 100 mil habitantes. Entre os Estados, a maior taxa de mortalidade ficou com Rondônia que registrou 69,8 casos para cada 100 mil habitantes, seguido por Mato Grosso (68,8); Rio Grande do Sul (63,2), Distrito Federal (62,1) e Paraná com 53,1 casos para cada 100 mil habitantes.

Já entre as menores taxas de mortalidade, depois de Pernambuco vem os seguintes Estados: Maranhão (17,0); Amazonas (17,2); Alagoas (19,9) e Bahia (24,1) para cada 100 mil habitantes. Essa comparação por 100 mil habitantes é importante porque iguala todos os Estados, já que, geralmente, em números absolutos os Estados mais populosos apresentam um maior número de casos.

ARTES JC
Mortalidade por covid nos últimos 30 dias - ARTES JC

Longo caminho pela frente

Os dados da publicação da OPAS foram analisados pelo governador Paulo Câmara (PSB) e integrantes do Gabinete de Enfrentamento ao Coronavírus, na manhã deste domingo (18.04). “Ainda temos um longo caminho pela frente nessa batalha contra a covid-19. No entanto, um levantamento como esse mostra que só uma combinação de ações como ampliação da rede de saúde com leitos de enfermaria e terapia intensiva, medidas restritivas e vacinação são capazes de reduzir a quantidade de vítimas da doença”, afirmou Paulo Câmara.

O secretário estadual de Saúde, André longo, ressaltou que as medidas restritivas foram retomadas em Pernambuco desde dezembro de 2020, e destacou que, somente do início de março até agora, já foram abertos mais de 600 novos leitos de UTI em todas as regiões do Estado. “Nossa rede de saúde conta, hoje, com 1.611 leitos de terapia intensiva para pacientes com covid-19, em 17 municípios. Um esforço que só se tornou possível com todas as áreas do governo priorizando a saúde da população”, concluiu Longo.

Maior número de óbitos nos últimos 7 dias

O maior número de óbitos nos últimos 7 dias foi observado na região Sudeste (10.384), sendo São Paulo o Estado com o maior número de óbitos com 5.793 óbitos adicionais neste período, segundo o relatório da OPAS. Também nos últimos 7 dias, a maior taxa de mortalidade ficou em Mato Grosso, com 15 óbitos reportados por 100 mil habitantes, de acordo como a publicação da OPAS.

DIVULGAÇÃO
. - FOTO:DIVULGAÇÃO
ARTES JC
Mortalidade por covid nos últimos 30 dias - FOTO:ARTES JC

Comentários

Últimas notícias