Sepultamento

Jovem de 17 anos que morreu dentro de escola em Jaboatão é enterrado no Recife

O sepultamento ocorreu sob forte comoção, no Cemitério do Barro

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 23/06/2021 às 21:36
Notícia
REPRODUÇÃO/TV JORNAL
O enterro nessa quarta-feira (23) - FOTO: REPRODUÇÃO/TV JORNAL
Leitura:

*Com informações do repórter Waldson Balbino, da TV Jornal

Familiares, parentes e amigos se despediram, na tarde desta quarta-feira (23), do jovem de 17 anos que morreu após uma "brincadeira de luta" com um outro estudante, de 15 anos, dentro de uma escola pública estadual em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. O velório ocorreu em uma capela do Cemitério do Barro, na Zona Oeste do Recife. Durante o sepultamento, os amigos cantaram hinos religiosos e a comoção tomou conta do local.

A morte foi registrada nessa terça-feira (22) durante o intervalo dos alunos. Segundo testemunhas, os funcionários chegaram a socorrer o adolescente, já desfalecido, para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Sem se identificar, o tio do estudante questionou a direção da escola após ver as imagens do circuito de segurança. O vídeo mostra o estudante sendo agredido. Na sequência, ele cai e fica desacordado.

A Polícia Civil (PCPE) registrou o episódio como sendo um "ato infracional por homicídio culposo", sem intensão de matar. O delegado responsável pelas investigações do caso, Victor Leite, no entanto, não descartou a possibilidade de um dolo eventual.

 

Nota da Secretaria de Educação do Estado

A Secretaria de Educação do Estado informou que prestou socorro imediatamente e que adotou todos os procedimentos necessários para salvar a vida do estudante. Em relação à denúncia de aglomeração, informou que a escola está mantendo os estudantes no esquema de rodízio e que vem seguindo todos os protocolos da covid-19. A Secretaria de Educação disse ainda que imagens das câmeras foram entregues à polícia e que todo apoio está sendo dado às famílias dos dois jovens.

Comentários

Últimas notícias