É ÁGUA!

'Alerta total': chuvas fortes podem continuar até 15 de agosto, segundo Defesa Civil do Recife

As águas torrenciais chegaram à marca dos 156,33 milímetros às 6h30 desta terça (10)

Marcelo Aprígio
Cadastrado por
Marcelo Aprígio
Publicado em 10/08/2021 às 8:02 | Atualizado em 10/08/2021 às 8:27
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
As chuvas ocasionaram o deslizamento de uma barreira na Zona Norte do Recife - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

Após as fortes chuvas que atingem o Grande Recife desde a noite da segunda-feira (9), chegando à marca dos 156,33 milímetros às 6h30 desta terça (10), a expectativa é de que as águas torrenciais continuem caindo sobre a região, pelo menos, até o próximo dia 15 de agosto, quando será encerrada a quadra chuvosa, um período com maior quantidade de precipitações. A previsão foi feita pelo secretário-executivo da Defesa Civil do Recife, coronel Cássio Sinomar, em entrevista à Rádio Jornal nesta terça.

“Estamos em alerta total. A quadra chuvosa ainda permanece até o dia 15 de agosto, como está previsto. Então, toda chuva que cai neste período está dentro da possibilidade de chuvas fortes”, explicou o coronel.

O secretário ainda comentou sobre os alagamentos enfrentados por moradores da cidade e justificou que o fato deve-se à alta da maré. Segundo ele, a situação deve se normalizar por volta das 11h, quando o nível das águas baixam. No Recife, trechos das Avenida Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira; da Rua Imperial, em São José; da Avenida Dois Rios, no Ibura; e até da Avenida Agamenon Magalhães, no Parque Amorim, ficaram alagados.

“Tivemos um pico da maré por volta das 5h ou 6h da manhã, o que culminou neste acúmulo de água”, destacou Sinomar. “Mas, com a descida da maré que deve chegar a 0,2 metro às 11h, começa o escoamento”, emendou o secretário, afirmando que a combinação entre fortes chuvas e pico da maré sempre traz dificuldades.

Deslizamento de barreira

Durante a entrevista, o coronel Cássio Sinomar afirmou que, apesar da elevada quantidade de chuvas na capital pernambucana, houve apenas uma ocorrência "grave" durante a madrugada: o deslizamento de uma barreira no Brejo da Guabiraba, Zona Norte do Recife. Segundo informações da TV Jornal, por volta das 3h desta terça-feira (10), o Corpo de Bombeiros foi chamado para atender à ocorrência. As equipes retiraram um adolescente de 16 anos dos escombros de uma casa, que ficou destruída. Ao todo, seis casas foram atingidas no local. O adolescente chegou a ficar preso em um local de difícil acesso.

“Apesar deste quantitativo de chuvas, as ocorrências têm diminuído, haja vista o trabalho preventivo que vem sendo realizado. Mas, infelizmente, tivemos uma ocorrência grave no Brejo da Guabiraba. Lá, houve um deslizamento de terra, e duas pessoas precisaram ser socorridas”, disse o coronel, pedindo que as pessoas que moram em áreas de risco, como àquelas próximas a barreiras, tenham uma atenção especial

Comentários

Últimas notícias