Crime

Mulher mata companheiro com facada, na frente do filho de três anos, na Zona da Mata pernambucana

Filho do casal presenciou o crime, que teria sido motivado por ciúmes

JC
JC
Publicado em 16/10/2021 às 14:12
Notícia
Cortesia
Casal vivia juntos há quatro anos - FOTO: Cortesia
Leitura:

Uma jovem de 23 anos foi presa em flagrante após matar o companheiro com uma facada no peito. John Lenon Caetano Barbosa, de 30 anos, foi assassinado na noite desta sexta-feira (15). O filho do casal, de apenas 3 anos, presenciou o crime. 

Segundo familiares, o casal estava na frente de casa, na Rua da Aurora, em Aliança, na Zona da Mata Norte do estado quando se desentendeu. Ainda de acordo com parentes, a facada atingiu o estômago de John Lenon. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal de Nazaré da Mata, mas já deu entrada na unidade sem vida.

Day Santos/TV Jornal
Corpo da vítima foi levado para o IML, no Recife - Day Santos/TV Jornal

CIÚMES

A dona de casa Edneide Barbosa, mãe de John Lenon, diz que o crime foi motivado por ciúmes. "Ele estava na festinha, quase de frente à casa dos meus pais. Ele estava dançando e ela cobrou ciúme do meu filho. Ele entrou para a casa dos meus pais e ela foi atrás do meu filho. Eles começaram a brigar, um batendo no outro. Terminou ela esfaqueando ele, bem no estômago", contou, lembrando que John estaria dançando com uma amiga do casal.

John Lenon e a suspeita estavam juntos havia quatro anos. Ela ainda tentou fugir, mas foi contida pelos parentes da vítima. Com a chegada dos policiais, a mulher, que não teve o nome revelado, foi presa em flagrante. "Ela tentou fugir. Só não fugiu porque meus pais fecharam a porta", disse.

A vítima deixou dois filhos, sendo um do atual casamento. A criança, que presenciou o crime, chora perguntando pelo pai. "Na hora que aconteceu, ele estava em casa e viu tudo. Ele fica chorando, procurando pelo pai dele e eu digo a verdade, que a mãe dele tirou a vida do pai dele", afirmou a mulher.

Dona Edneide contou que o casal não costumava brigar. "Eu espero que seja feita justiça. Isso não é coisa que se faça com ninguém", lamentou a dona de casa.

 

Day Santos/TV Jornal
Corpo da vítima foi levado para o IML, no Recife - FOTO:Day Santos/TV Jornal

Comentários

Últimas notícias