SOLIDARIEDADE

ONG lança campanha para reconstruir dez casas que foram incendiadas em comunidade do Recife

Campanha de financiamento coletivo tem R$ 154 mil como meta para reconstruir casas atingidas

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 19/10/2021 às 15:36
Notícia
DIVULGAÇÃO/TETO
O incêndio aconteceu uma semana após a própria organização entregar algumas casas na Comunidade Carolina de Jesus, onde a Teto já atua desde 2019 - FOTO: DIVULGAÇÃO/TETO
Leitura:

O que você faria se perdesse sua moradia de uma hora pra outra? É com essa pergunta que campanha busca sensibilizar a população para a causa de dez famílias viram seus lares serem consumidos por incêndio no dia 8 de outubro na Comunidade Carolina de Jesus, no Barro, Zona Oeste do Recife. Lançado pela ONG Teto, que pretende reconstruir as casas, o financiamento necessita de R$ 154 mil. Quem quiser pode contribuir com qualquer valor clicando neste link.

Até a publicação desta reportagem, na terça-feira à tarde, haviam sido doados R$ 4.9 mil. A missão vai até o dia 14 de novembro. "É uma desafio enorme, mas, juntos, conseguiremos entregar moradia segura para 10 famílias que perderam tudo. Vamos juntos numa grande rede de apoio e mobilização?!", chamou a Teto, pelas redes socais.

"O valor da campanha é justamente o que precisamos para construção. Como são moradias emergenciais, de madeira, e temos parceria com fornecedores, o valor da casa é de em média R$ 15 mil", contou a gestora das sedes da Teto na Bahia e em Pernambuco, Layanne Paixão.

O incêndio aconteceu uma semana após a própria organização entregar algumas casas na Carolina de Jesus, onde a Teto já atua desde 2019. Além das pessoas na comunidade já viverem em vulnerabilidade social, tiveram perda total dos bens.

"Eles estão em um abrigo provisório na própria comunidade, muito abalados por terem perdido tudo, sem muita perspectiva. Muitos perderam até documentos, coisas muito básicas", relatou Layanne.

DIVULGAÇÃO/TETO
O incêndio aconteceu uma semana após a própria organização entregar algumas casas na Comunidade Carolina de Jesus, onde a Teto já atua desde 2019 - DIVULGAÇÃO/TETO
DIVULGAÇÃO/TETO
O incêndio aconteceu uma semana após a própria organização entregar algumas casas na Comunidade Carolina de Jesus, onde a Teto já atua desde 2019 - DIVULGAÇÃO/TETO
DIVULGAÇÃO/TETO
O incêndio aconteceu uma semana após a própria organização entregar algumas casas na Comunidade Carolina de Jesus, onde a Teto já atua desde 2019 - DIVULGAÇÃO/TETO
DIVULGAÇÃO/TETO
O incêndio aconteceu uma semana após a própria organização entregar algumas casas na Comunidade Carolina de Jesus, onde a Teto já atua desde 2019 - DIVULGAÇÃO/TETO
DIVULGAÇÃO/TETO
O incêndio aconteceu uma semana após a própria organização entregar algumas casas na Comunidade Carolina de Jesus, onde a Teto já atua desde 2019 - DIVULGAÇÃO/TETO
DIVULGAÇÃO/TETO
O incêndio aconteceu uma semana após a própria organização entregar algumas casas na Comunidade Carolina de Jesus, onde a Teto já atua desde 2019 - DIVULGAÇÃO/TETO

Ao todo, em Pernambuco, a ONG entregou 34 casas nas comunidades Carolina de Jesus e Fazendinha. Também estão previstas "construções na Comunidade Santa Luzia, onde já foram feitos projetos de habitação como horta comunitária, captação de água da chuva e com distribuição de vales-alimentação", segundo a voluntária Lais Duanne.

Comentários

Últimas notícias