Especial

Educação pós-pandemia: especial debate os desafios e as soluções

Com a retomada das aulas presenciais, as atenções se voltam para as consequências desse período sem atividade escolar, ou com elas sendo realizadas de forma remota, muitas vezes sem estrutura

JC360
JC360
Publicado em 25/10/2021 às 13:15
Notícia
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
RETOMADA Volta às aulas presenciais ocorre quase um ano e sete meses depois do primeiro caso da doença - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

Foi de repente, assim, sem nenhum planejamento prévio, que as escolas e universidades públicas e privadas tiveram que suspender as atividades presenciais e repensar completamente seu modelo de ensino. O quadro branco e as cadeiras enfileiradas da sala de aula deram lugar às telas de celulares e computadores e ao quarto ou à sala das residências dos próprios estudantes. Só na educação básica, a imposição desse novo modelo atingiu no País quase 48 milhões de estudantes e 2,2 milhões de professores. Com a retomada das aulas presenciais, quase um ano e sete meses depois do primeiro caso da doença em Pernambuco, as atenções se voltam para as consequências desse período sem atividade escolar, ou com elas sendo realizadas de forma remota, muitas vezes sem estrutura. É com a proposta de analisar esse cenário que o Sistema Jornal do Commercio inicia, a partir de amanhã, uma série de discussões sobre o assunto no especial “Educação Pós-pandemia, Desafios e Soluções”.

“A pandemia mudou a forma como as coisas eram feitas e a educação foi um dos setores que mais sentiram essa mudança. Professores e estudantes tiveram que se reinventar e os prejuízos com o fechamento das escolas, além da falta de acesso às aulas remotas pela grande parte dos estudantes, sobretudo os de escolas públicas, deixou prejuízos ainda incalculáveis. Por isso, quisemos trazer este assunto mostrando como estes estudantes e professores atravessaram este momento, entendendo que um país, uma sociedade, só se constrói com educação acessível e de qualidade. E conquistar isso é um trabalho demorado e depende da ação de governos e sociedade civil”, comenta Mônica Carvalho, diretora da TV e Rádio Jornal.

O especial “Educação Pós-pandemia, Desafios e Soluções” é uma produção em conjunto da TV Jornal, Rádio Jornal e Jornal do Commercio. Dividida em quatro reportagens, o especial vai abordar, entre outros assuntos, o uso da tecnologia nesse processo de adaptação ao ensino remoto e as dificuldades de acesso por grande parte dos estudantes, principalmente os do ensino público, a reinvenção do magistério e o esforço dos professores em levar o conteúdo para todos os alunos, e as lacunas da aprendizagem.

“A proposta da série é ver o que aconteceu no ano passado, ver como está esse ano e olhar muito para  2022. Olhar para frente a partir das sequelas que a pandemia provocou na educação. Justamente por ser uma das áreas mais afetadas, ela precisa de refl exões”, comenta a jornalista Margarida Azevedo.

“Temos entrevistas, histórias inspiradoras e especialistas renomados no meio da educação. Tudo isso para a gente poder traçar esse diagnóstico, mostrar a situação como está e também apontar alguns caminhos e soluções para resolver o problema que o país tem nas mãos em relação à educação”, completa a repórter Cinthia Ferreira.

O especial será veiculado entre os dias 26 e 29 de outubro. Na TV Jornal, os telespectadores vão assistir a série de reportagem dentro do telejornal Meio-Dia, que começa às 11h20. Na Rádio Jornal, os ouvintes vão poder acompanhar as reportagens especiais dentro do Rádio Livre, a partir das 14h. E no Jornal do Commercio, na versão para assinantes, o conteúdo será publicado diariamente nas primeiras horas do dia. O assunto também será discutido em um podcast.

PROGRAMA ESPECIAL

Ao final da exibição da série, a TV Jornal vai exibir um programa especial com especialistas em educação para fazer um panorama da situação. Com apresentação de Cinthia Ferreira e mediação de Margarida Azevedo, o programa vai contar com a participação de Mozart Neves, professor emérito da Universidade Federal de Pernambuco, Gabriel Corrêa, líder de políticas educacionais do Todos Pela Educação, e, direto da Coreia do Sul, Soleiman Dias, diretor de relações internacionais Chadwick International. O debate especial “Educação Pós-pandemia, Desafios e Soluções” será exibido no sábado (30), às 7h.

Comentários

Últimas notícias