Credibilidade

Jornal do Commercio passa a integrar iniciativa internacional de transparência de veículos de mídia

O Trust Project tem como um dos propósitos a implementação de um Sistema de Indicadores de Credibilidade que norteia a prática jornalística dos veículos que integram o consórcio

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 24/11/2021 às 15:08
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Redação do Jornal do Commercio - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

O Trust Project, iniciativa de credibilidade e transparência criada nos Estados Unidos e que hoje engloba veículos de mídia de todo o mundo, passa a integrar no seu time, a partir desta quarta-feira (24), o Jornal do Commercio. O projeto tem como um dos propósitos a implementação de um Sistema de Indicadores de Credibilidade que norteia a prática jornalística dos veículos que integram o consórcio.  

Os indicadores apontam padrões éticos e de conduta a serem seguidos, através do desenvolvimento ferramentas e técnicas para promover um jornalismo profissional, confiável e de qualidade na internet. Em paralelo, o projeto busca fomentar a leitura crítica por parte dos leitores, para que assim eles possam diferenciar com maior facilidade o que se trata de uma notícia e o que é desinformação. Os indicadores também auxiliam mecanismos de pesquisa e plataformas de mídia social a identificar notícias de qualidade.

"Credibilidade sempre foi o principal patrimônio do JC. Estar no projeto novamente é consequência desse compromisso, cada vez mais necessário quando a pauta é transparência, contra essa terrível onda de notícias falsas", pontua o diretor de redação do JC, Laurindo Ferreira.

Adequação

Como parte do esforço para se enquadrar nesses indicadores, o JC hoje indica o tipo de conteúdo que o leitor está lendo e os autores. Também foram criadas novas áreas de conteúdo, a exemplo de "bastidores da notícia", "citação" e "correções". 

"Para um veículo de mídia se adequar aos critérios do Trust Project é preciso investir na parte técnica, no treinamento da equipe, na criação de critérios de transparência, entre outros pontos. Mas é um esforço que vale a pena, num ambiente em que o leitor tem dificuldade de entender quando está sendo alvo de desinformação ou quando está consumindo conteúdo de uma fonte com responsabilidade. Estamos ao lado dos maiores veículos de mídia do mundo nessa iniciativa", afirma Maria Luiza Borges, diretoria de conteúdos digitais do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC). 

 

Comentários

Últimas notícias