manifestação

Familiares de jovem desaparecida bloqueiam BR-101, no Recife, em protesto por celeridade na investigação do caso

A dona de casa Ellen Carla da Silva, de 28 anos, está desaparecida desde o dia 10 de maio deste ano

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 25/11/2021 às 9:30
Notícia
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Familiares e amigos de Ellen Carla da Silva, desaparecida desde maio, fecharam a BR-101, nas proximidades dos Milagres, para cobrar celeridade da polícia na resolução do caso - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

Com informações de Cinthia Ferreira, da TV Jornal

Familiares e amigos da dona de casa Ellen Carla de Silva, de 28 anos, realizaram protesto no quilômetro 76 da BR-101, nas proximidades da comunidade Vila dos Milagres, no Ibura, Zona Sul do Recife, na manhã desta quinta-feira (25). Eles cobram agilidade nas investigações do desaparecimento da jovem, que não dá notícias desde maio deste ano. Por causa da manifestação, a via no sentido Jaboatão dos Guararapes ficou interditada.

Vestindo camisetas com imagem da mulher desaparecida, os manifestantes atearam fogo em pneus e pedaços de madeira, que bloquearam o trânsito por volta das 7h30. Segundo a irmã de Ellen, Emilly Silva, apesar da jovem estar desaparecida há mais de seis meses, as autoridades policiais não informam como andam as investigações do caso.

"Nós não temos nenhum retorno, ninguém veio conversar com a gente para dizer alguma coisa. Fomos atrás do DHPP [Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa] e eles só dizem que não encontraram nada", desabafou.

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Familiares e amigos de Ellen Carla da Silva, desaparecida desde maio, fecharam a BR-101, nas proximidades dos Milagres, para cobrar celeridade da polícia na resolução do caso - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Familiares e amigos de Ellen Carla da Silva, desaparecida desde maio, fecharam a BR-101, nas proximidades dos Milagres, para cobrar celeridade da polícia na resolução do caso - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Familiares e amigos de Ellen Carla da Silva, desaparecida desde maio, fecharam a BR-101, nas proximidades dos Milagres, para cobrar celeridade da polícia na resolução do caso - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Familiares e amigos de Ellen Carla da Silva, desaparecida desde maio, fecharam a BR-101, nas proximidades dos Milagres, para cobrar celeridade da polícia na resolução do caso - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Familiares e amigos de Ellen Carla da Silva, desaparecida desde maio, fecharam a BR-101, nas proximidades dos Milagres, para cobrar celeridade da polícia na resolução do caso - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Familiares e amigos de Ellen Carla da Silva, desaparecida desde maio, fecharam a BR-101, nas proximidades dos Milagres, para cobrar celeridade da polícia na resolução do caso - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM

De acordo com a família, Ellen saiu de casa por volta das 19h do dia 10 de maio para ir procurar o marido no bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife. Desde então, a jovem não retornou e nem deu notícias. "Se alguém fez alguma coisa com ela, que diga onde ela ou o corpo está", pediu Emilly.

Este é o segundo protesto realizado devido ao desaparecimento da jovem. O primeiro ocorreu em maio, 11 dias depois do desaparecimento da dona de casa. A manifestação desta quinta-feira terminou com a chegada da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que retirou os objetos da pista e liberou o trânsito por volta das 8h. 

A reportagem do JC entrou em contato com a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) para saber como está o andamento do caso. Em resposta, a corporação disse que a "investigação continua e que, para não atrapalhar o bom andamento da mesma, em momento oportuno se pronunciará".

Quem souber de informações sobre o paradeiro de Emilly pode entrar em contato com o Disque Denúncia (181) ou com os familiares dela (81 98669-3282 - Eliane).

Comentários

Últimas notícias