Celebração

De volta ao Quartel Derby, Missa do Galo celebra o espirito natalino no Recife com mensagens de esperança e solidariedade

A celebração, que no ano passado aconteceu no santuário de Fátima, no bairro da Boa Vista, foi aberta ao público

JC
JC
Publicado em 24/12/2021 às 20:48
Guga Matos / JC Imagem
Tradicional Missa do Galo voltou a ser realizada no Quartel do Derby, área central da capital - FOTO: Guga Matos / JC Imagem
Leitura:

Com informações de Beatriz Albuquerque, da TV Jornal, e Katarina Moraes, do JC

O espírito natalino tomou conta do Recife, na noite desta sexta-feira (24), véspera de Natal. Isso porque a tradicional Missa do Galo voltou a ser realizada no Quartel do Derby, área central da capital. A celebração, que no ano passado aconteceu no santuário de Fátima, no bairro da Boa Vista, foi aberta ao público, mas seguiu protocolos de segurança sanitária. Para assistir ao evento foi necessário apresentar o comprovante de vacinação da covid-19 com as doses administradas.

A aposentada Ana Alves, de 80 anos, voltou a frequentar o evento, depois do hiato de um ano devido à pandemia. Ela participava do coral da Igreja Nossa Senhora da Penha e já se apresentou na Missa do Galo. Com o esquema vacinal completo, a aposentada se sentiu à vontade para voltar ao evento. “Pedi ao meu filho para me trazer e estou curtindo demais. É bonito demais”, contou.

Guga Matos / JC Imagem
Para assistir ao evento foi necessário apresentar o comprovante de vacinação da covid-19 com as doses administradas - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
A celebração, que no ano passado aconteceu no santuário de Fátima, no bairro da Boa Vista, foi aberta ao público, mas seguiu protocolos de segurança sanitária - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
Tradicional Missa do Galo voltou a ser realizada no Quartel do Derby, área central da capital - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
O espírito natalino tomou conta do Recife, na noite desta sexta-feira (24), véspera de Natal - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
Muitos fiéis acompanharam a Missa do Galo - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
A tradição da Missa do Galo na capital pernambucana existe desde 1952 - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
Para assistir ao evento foi necessário apresentar o comprovante de vacinação da covid-19 com as doses administradas - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
Para assistir ao evento foi necessário apresentar o comprovante de vacinação da covid-19 com as doses administradas - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
Fiéis na Missa do Galo, no Quartel do Derby - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
O acesso ao local para a Missa do Galo foi liberado às 18h30 - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
Dom Fernando Saburido - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
Dos 69 festejos, 59 foram realizados no Derby, com poucas interrupções por razões especiais - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
A tradição da Missa do Galo na capital pernambucana existe desde 1952 - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
A missa, conduzida pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, teve início às 20h - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
Banda da Polícia Militar abriu a festividade com apresentação de músicas natalinas ao lado dos corais do Movimento Pró-Criança, Instituto Dom da Paz e dos Arautos do Evangelho - Guga Matos / JC Imagem
Guga Matos / JC Imagem
O acesso ao local foi liberado às 18h30 - Guga Matos / JC Imagem
JC Imagem / Beto DLC
Missa do Galo acontece no Quartel do Derby na véspera de Natal - JC Imagem / Beto DLC

Roberto Santos, de 60 anos, frequenta tradicionalmente o evento. Também não foi no ano passado para evitar o contágio pelo coronavírus. Neste ano, não quis perder de forma alguma e foi sozinho. “Minha família foi para a missa na igreja do bairro e eu vim”, disse. Ele contou, ainda, que se sentiu mais seguro para ir à missa por já ter se vacinado.

O acesso ao local foi liberado às 18h30 e às 19h a banda da Polícia Militar abriu a festividade com apresentação de músicas natalinas ao lado dos corais do Movimento Pró-Criança, Instituto Dom da Paz e dos Arautos do Evangelho.

A missa, conduzida pelo arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, teve início às 20h. "Entendemos que o Natal é uma das principais festas do ano litúrgico e precisa ser celebrada desta forma, com a comunidade, neste ambiente de alegria, de comprometimento com o próximo, especialmente aqueles irmãos e irmãs mais necessitados. Jesus veio pobremente ao meio de nós e nos ensina a viver em compromisso com os pobres. É importante que a comunidade cristã guarde bem no coração esse sentimento de solidariedade para viver de fato o espírito do Natal", afirmou o Dom.

Guga Matos / JC Imagem
Paulo Câmara acompanhou a Missa do Galo - Guga Matos / JC Imagem

O governador Paulo Câmara também esteve no evento. O Chefe do Executivo considera a missa como um momento para agradecer a Deus e pedir por dias melhores. “Desejar à população pernambucana um Feliz Natal. Que 2022 seja um ano de muita paz, saúde e realizações. Depois de momentos difíceis, como o que passamos e estamos passando, é importante ter momentos como esse também para agradecermos a Deus e desejar dias melhores”, declarou.

A tradição da Missa do Galo na capital pernambucana existe desde 1952. Dos 69 festejos, 59 foram realizados no Derby, com poucas interrupções por razões especiais.

JC Imagem / Beto DLC
Missa do Galo acontece no Quartel do Derby na véspera de Natal - JC Imagem / Beto DLC

Antes mesmo da celebração, Saburido já tinha falado da emoção de retornar ao Derby. “Temos muita alegria em retornar a esse local, convidando a comunidade toda a estar aqui presente refletindo a palavra de Deus nesse momento belíssimo do ponto de vista litúrgico e social. O Natal nos traz a mensagem de esperança, da solidariedade, é o Cristo que vem para o meio dos pobres, a mensagem que nos convida a ser mais fraternos, mais irmãos, mais juntos dos mais necessitados. Então, é essa mensagem que celebraremos na missa de hoje e também celebrando o avanço da vacina que proporciona essa graça”, ressaltou o arcebispo.

Comentários

Últimas notícias