justiça

Filha de Lampião e Maria Bonita pede indenização por propaganda em motel. Entenda

Expedita Ferreira Nunes entrou com a ação no Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE)

Ana Maria Miranda
Cadastrado por
Ana Maria Miranda
Publicado em 18/05/2022 às 10:05
REPRODUÇÃO
Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, ao lado de Maria Gomes de Oliveira, a Maria Bonita - FOTO: REPRODUÇÃO
Leitura:

A filha de Lampião e Maria Bonita, Expedita Ferreira Nunes, luta na Justiça para obter uma indenização devido à propaganda de uma rede de motéis.

 

O motivo é que os motéis da rede, com filiais pelo Nordeste, instalou outdoors em cidades de Pernambuco e Sergipe com a foto do casal e o slogan "Maria Bonita, acenda o Lampião".

No processo, a filha de Lampião e Maria Bonita pede, além da indenização, a retirada do comercial.

Expedita entrou com a ação no Tribunal de Justiça de Sergipe (TJ-SE) em 2011, quando a campanha foi veiculada. Agora, o processo chegou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Condenada a pagar indenização de R$ 8 mil por causa da propaganda, a rede de motéis recorreu da sentença, fazendo o caso chegar ao STJ.

O processo entrou na pauta da Quarta Turma do STJ na terça-feira (17), mas o ministro Raul Araújo pediu vista. Por isso, a decisão definitiva vai demorar um pouco mais a sair.

A rede de motéis afirma que apenas utilizou pseudônimos ligados à cultura do Nordeste. A filha de Lampião e Maria Bonita discorda. Para ela, houve "uso indevido de imagens para fins comerciais, implicando a posse indevida do patrimônio imaterial dos personagens".

Comentários

Últimas notícias