EDUCAÇÃO

Prefeitura de Serra Talhada suspende aulas da educação infantil por causa dos problemas respiratórios nas crianças

Triunfo já havia cancelado atividades de educação infantil por aumento de casos de doenças respiratórias

Bruno Vinicius
Cadastrado por
Bruno Vinicius
Publicado em 24/05/2022 às 12:55
FREEPIK/BANCO DE IMAGENS
PERIGO Infecção misteriosa em crianças pode desencadear uma série de problemas, incluindo a necessidade de transplante de fígado - FOTO: FREEPIK/BANCO DE IMAGENS
Leitura:

Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, é mais uma cidade pernambucana a suspender aulas da educação infantil por causa do aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave - SRAG. A primeira foi Triunfo, também no Sertão.

"Dessa forma, a partir desta terça-feira (24/05), pelas próximas duas semanas, ficam suspensas as aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino para as crianças de 0 a 5 anos, que são mais suscetíveis aos vírus causadores da Síndrome Respiratória Aguda Grave - SRAG", diz o comunicado do município.

A Prefeitura de Triunfo emitiu um comunicado, em que segue a recomendação de André Longo, o secretário estadual de Saúde. "Houve um aumento de casos de doenças respiratórias como nunca havia sido visto, com um maior grau de severidade e também com maior frequência de solicitação de leitos pediátricos.

"Então, a partir de amanhã (segunda-feira, 23/05)) as atividades a Creche e Lar Santa Elizabeth serão suspensas por duas semanas, pois os dois espaços tem uma grande quantidade de crianças de 0 a 4 anos (não vacinadas) e mais suscetíveis ao vírus", diz a recomendação da secretaria de educação do município.

Aumento de UTIs

Na semana passada, a gestão estadual anunciou a ampliação das UTIs pediátricas nessas duas semanas por causa de aumento de casos de SRAG.  Devem ser abertas 80 novas vagas de UTI para crianças, o que a SES estima ser o dobro do oferecido.

Nesta segunda-feira, um bebê de 11 meses faleceu por bronquiolite nesta segunda-feira (28), no Hospital Barão de Lucena. A unidade é referência no atendimento a crianças com quadro respiratórios. O recém-nascido, que também estava com anemia, apresentou bradicardia (ritmo cardíaco irregular ou lento), sofrendo uma parada cardíaca.

Comentários

Últimas notícias