RELIGIÃO

Final de semana de homenagens a frei Damião

Apesar da chuva, programação que marca os 25 anos de morte do frade capuchinho tem missas e apresentações culturais no Convento São Félix Cantalice, no Pina, Zona Sul do Recife

Margarida Azevedo
Cadastrado por
Margarida Azevedo
Publicado em 27/05/2022 às 17:53 | Atualizado em 27/05/2022 às 18:02
JARBAS JR./ACERVO JC IMAGEM
Frei Damião passava horas ouvindo confissões do povo - FOTO: JARBAS JR./ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Tradicionalmente, romeiros vindos de vários Estados nordestinos chegam ao Recife no fim de maio para reverenciar frei Damião. Na próxima terça-feira (31) completam 25 anos da morte do frade capuchinho, falecido em 1997 aos 98 anos de idade.

Neste fim de semana estão programadas várias missas, para homenagear o religioso, no Convento São Félix Cantalice, localizado no Pina, Zona Sul da capital, onde o corpo do sacerdote está sepultado.

Apesar da previsão de chuvas, o guardião do Convento São Félix Cantalice, frei Janailson Gomes, diz que por enquanto a programação está mantida.

"Em outras festas passaram pelo convento mais de 10 mil pessoas. São três anos sem a festa. Porque em 2019 houve a greve dos caminhoneiros, então pouca gente participou. E nos dois últimos anos, 2020 e 2021, teve a pandemia. Então o povo está ansioso querendo celebrar", diz frei Janailson.

ACERVO JC IMAGEM
FÉ Sacerdote levou a palavra de Deus a lugares distantes do Nordeste. Dormia pouco e era solicitado onde chegava - ACERVO JC IMAGEM
LÉO CALDAS/ACERVO JC IMAGEM
Frei Damião - arquivo - LÉO CALDAS/ACERVO JC IMAGEM

Neste sábado (28) é esperada a chegada de dezenas de ônibus vindos do interior de Pernambuco e de outros Estados. "Aguardamos muitos romeiros que chegam à tarde vindos de várias partes do Nordeste e até de fora", comenta o religioso. Estão previstas missas às 6h e 17h e apresentações culturais às 20h.

"Frei Damião foi a tantas cidades do Nordeste, agora encontramos a resposta do povo. De muitos lugares as pessoas vêm visitar o túmulo, demonstrando assim esse carinho e amor por esse santo capuchinho", enfatiza frei Janailson.

O domingo (29) é o grande dia da festa, com missa às 4h, 6h, 10h, 14h e 17h. O arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, vai celebrar a missa das 10h.

J. ALVES/ACERVO JC IMAGEM
Frei Damião - arquivo - J. ALVES/ACERVO JC IMAGEM
MACHADO BITENCOURT/DIVULGAÇÃO
MISSÃO Por 66 anos, o frade capuchinho percorreu o Nordeste levando a palavra de Deus a pobres e ricos, em missões que reuniam muita gente - MACHADO BITENCOURT/DIVULGAÇÃO

"Frei Damião era um homem simples, religioso de uma sensibilidade missionária muito grande. Deixou sua terra natal e sua família na Itália para comunicar a boa nova no Brasil. Deu muita atenção aos pobres, por onde passava as pessoas viam nele um sinal de Deus. Transmitiu o Evangelho e o compromisso com a fé", destaca dom Fernando.

Na terça-feira (31), data em que se completam exatos 25 anos da morte do sacerdote, haverá missa no convento às 6h e às 17h.

PROGRAME-SE

Sábado (28)
6h e 17h -Missas
20h – Apresentação Cultural e Show com Pe. Damião Silva

Domingo (29)
4h, 6h, 10h, 14h e 17h - Missas
8h – Show com Pe. João Carlos
16h – Show com Dudu do Acordeon

Terça-feira (31)
6h e 17h - Missa

Comentários

Últimas notícias