AGRESTE

Vídeo mostra guardas municipais de Toritama agredindo rapaz em rua. Veja

Segundo a Guarda Civil de Toritama, os vídeos foram feitos após os jovens, que participavam de uma guerra de fogos de artifício, reagirem contra a abordagem

Katarina Moraes
Cadastrado por
Katarina Moraes
Publicado em 24/06/2022 às 13:40 | Atualizado em 25/06/2022 às 12:04
REPRODUÇÃO/WHATSAPP
Nas imagens, é possível ver o homem levando tapas e empurrões, além de ser xingado com palavrões - FOTO: REPRODUÇÃO/WHATSAPP
Leitura:

Atualizada às 19h21

Integrantes da Guarda Civil Municipal de Toritama, no Agreste de Pernambuco, agiram com truculência durante uma abordagem na noite dessa quinta-feira (23) contra participantes de uma "guerra de mosquitos" - um tipo de fogo de artifício - no Centro da cidade. Vídeos que circulam pelas redes sociais, e que tiveram veracidade confirmada pela Prefeitura, mostram o momento.

Nas imagens, é possível ver o homem levando tapas e empurrões, além de ser xingado com palavrões. Por fim, ele é jogado em uma viatura. Segundo a Guarda Civil de Toritama, os vídeos foram feitos após os jovens reagirem contra a abordagem.

A corporação disse ter recebido uma denúncia via WhatsApp às 22h13 de que a brincadeira com os fogos na véspera de São João, praticada por vários jovens e adultos na Rua dos Correios, estaria incomodando os vizinhos. Então, viaturas se deslocaram até lá.

Ao chegarem, ainda de acordo com a corporação, um dos jovens teria lançado um mosquito contra o comandante e saído correndo e xingando. Depois, o mesmo rapaz teria jogado o material contra outro guarda e contra a viatura - mas ninguém chegou a ser atingido. Assim, um dos guardas correu atrás do jovem - que seria o mesmo do vídeo.

A Guarda afirmou que uma pessoa precisou ser encaminhada ao Hospital Municipal Nossa Senhora de Fátima após ter sido atingida na cabeça pelo mosquito, para tratar a lesão. Um outro vídeo mostra uma criança sendo queimada próximo à virilha no meio da rua.

Cinco menores de idade e dois adultos foram localizados pelos guardas e encaminhados até a delegacia. 

A Prefeitura de Toritama informou que afastou os guardas envolvidos no caso das suas funções, mas reiterou que ambos terão "todo direito à defesa". "Informamos ainda que as famílias das pessoas envolvidas no infeliz e reprovável acontecimentos estão recebendo apoio e atenção da prefeitura", diz comunicado divulgado pelo Executivo.

Ainda, concluiu que "não compactua com o desrespeito aos Direitos Humanos e com nenhum ato de violência" porque "o direito das pessoas precisam ser respeitados" e que todos os esclarecimentos sobre o caso serão sistematicamente comunicados à população toritamense".

"Por fim, o governo municipal declara ter respeito aos integrantes da guarda municipal. Guarda essa que tem contribuído muito, em parceria com as policiais estaduais, para a segurança do município".

Comentários

Últimas notícias