PIB 2019

''Tivemos o melhor semestre desde 2013'', diz Bolsonaro sobre o PIB

Presidente Bolsonaro comentou crescimento da economia em 2019

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 04/03/2020 às 19:52
Notícia
Marcos Corrêa/PR
Presidente da República, Jair Bolsonaro, participa da solenidade de lançamento da Agenda Mais Brasil - Marcos Corrêa/PR
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro comentou nesta quarta-feira (04) o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de 2019, que cresceu 1,1% em relação ao ano anterior, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país ao longo do ano e é usado para mostrar o desempenho da economia. Segundo o presidente, apesar do resultado ter ficado abaixo dos dois últimos anos do governo de Michel Temer (2017 e 2018), o segundo semestre do ano passado foi o melhor em seis anos.  

"Em 2015 e 2016 foi negativo, não foi isso? Baixou um pouco em relação ao Temer, mas nós estamos com o melhor semestre desde 2013, se não me engano", Bolsonaro afirmou a jornalistas ao chegar no Palácio do Alvorada. É o terceiro ano seguido de crescimento da economia brasileira, que registrou quedas consecutivas em 2015 e 2016, acumulando uma retração somada de 7,4% nos dois anos. Em 2017 e 2018, houve crescimento de 1,3% em cada ano.

Perguntado sobre a frustração de expectativas, já que as previsões do governo federal, no início do ano passado, era de crescimento de 2,2%, Bolsonaro disse que é preciso reduzir as projeções. "É o que eu sempre falo, bota a expectativa mais baixa possível, para evitar esse tipo de pergunta", disse. Ainda segundo o presidente, 2020 será um ano melhor para a economia, apesar dos impactos da epidemia mundial do coronavírus.

Mais cedo, após cerimônia no Palácio do Planalto, o ministro da Economia, Paulo Guedes, também ressaltou o desempenho da economia brasileira no final do ano passado, que aponta um processo de aceleração. De acordo com ele, se as reformas econômicas avançarem, o PIB poderá crescer acima de 2% este ano.

"Se você pegar o quarto trimestre do ano passado sobre o quarto trimestre de 2018, [cresceu] 1,70%, quase chegando em 2%. A economia brasileira está claramente reacelerando. Se nós mantivermos as reformas, ela vai crescer 2%, um pouco até acima. Nós esperávamos 1%, veio 1,1%. As reformas continuam, nós achamos que vamos passar de 2%", afirmou. 

Agenda Mais Brasil

Em solenidade no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro participou do lançamento "Agenda Mais Brasil", um site que para acompanhamento em detalhes da evolução de obras, programas e projetos do governo federal. A plataforma será alimentada com informações sobre as ações do governo em diversas áreas. De acordo com o ministro-chefe da Casa Civil, Braga Netto, o cidadão poderá acompanhar os dados da plataforma por meio de redes sociais e dispositivos móveis. 

"Essa ferramenta utiliza a internet e as redes sociais como meio moderno de prestar contas à sociedade. Inicialmente, as informações apresentadas na plataforma são frutos das ações de programas e projetos governamentais que se encontram em andamento. Neste novo canal, o cidadão terá acesso, de forma direta, às entregas georreferenciadas do governo", explicou. 

Comentários

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Newsletters

Fique por dentro de tudo que acontece, assine já as nossas Newsletters.

Últimas notícias