COVID-19

Mais de 2 mil municípios já adotaram plano de contingência ao coronavírus; em Pernambuco são 144

Pesquisa nacional foi realizada pela Confederação Nacional de Municípios (CNM)

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 08/04/2020 às 13:09
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Atividade física não é considerada essencial com endurecimento do isolamento - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Atualizada às 16h50

Por meio de pesquisa, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) constatou que 2.019 municípios do Brasil já adotaram planos de contingência contra o novo coronavírus. No entanto, das 5.570 cidades registradas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apenas 2.574 foram questionadas pelo órgão. Outras 555 prefeituras afirmaram não terem elaborado o plano.

“Este plano é uma ferramenta imprescindível para identificação do nível de resposta, estrutura, organização de serviços, bem como planejamento e definição das ações coordenadas, integradas e monitoradas proporcionalmente ao risco. As medidas e a elaboração desses instrumentos, como decretação de emergência, elaboração do plano de contingência, implantação de gabinete de crise, entre outras, devem seguir a necessidade local”, defendeu a Confederação.

O estudo apresenta também algumas preocupações como a ausência ou insuficiência de rede de atenção à saúde aos pacientes acometidos pela Covid-19. De acordo com pesquisa do órgão, apenas 10,6% dos Municípios entrevistados informaram possuir uma rede de atenção à saúde estruturada para enfrentar uma possível epidemia pelo coronavírus.

Calamidade pública

Segundo a CNM, mais de 1.900 Municípios já decretaram calamidade ou emergência em saúde pública por conta do novo coronavírus (Covid-19). Só a Comissão de Justiça da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), já autorizou 145 municípios do Estado a ganharem o status.

No dia 24 de março, apenas o estado de Pernambuco e o Recife tiveram o reconhecimento de estado de calamidade. Dia 31 do mesmo mês, o estado foi reconhecido em outros 64 municípios. Nesta quarta-feira (8), após votação à tarde na Alepe, mais 77 municípios pernambucanos ganharam o status.

Confira lista de municípios em Pernambuco em calamidade:

  • Afogados da Ingazeira
  • Afrânio
  • Águas Belas
  • Água Preta
  • Agrestina
  • Alagoinha
  • Altinho
  • Aliança
  • Amaraji
  • Araçoiaba
  • Araripina
  • Arcoverde
  • Barra de Guabiraba
  • Belém de Maria
  • Belo Jardim
  • Betânia
  • Bezerros
  • Bodocó
  • Bom Conselh
  • Bom Jardim
  • Bonito
  • Brejão
  • Brejo da Madre de Deus
  • Buíque
  • Cabo de Santo Agostinho
  • Cabrobó
  • Caetés
  • Calçado
  • Calumbi
  • Camaragibe
  • Camocim de São Félix
  • Canhotinho
  • Capoeiras
  • Carnaubeira da Penha
  • Carpina
  • Caruaru
  • Casinhas
  • Cedro
  • Chã de Alegria
  • Condado
  • Cortês
  • Cumaru
  • Cupira
  • Custódia
  • Dormentes
  • Exu
  • Feira Nova
  • Ferreiros
  • Flores
  • Frei Miguelinho
  • Gameleira
  • Garanhuns
  • Glória do Goitá
  • Goiana
  • Granito
  • Gravatá
  • Ibimirim
  • Ibirajuba
  • Igarassu
  • Ingazeira
  • Ipojuca
  • Ipubi
  • Itacuruba
  • Itaíba
  • Itambé
  • Itapissuma
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Jaqueira
  • Jatobá
  • João Alfredo
  • Joaquim Nabuco
  • Jucati
  • Jupi
  • Jurema
  • Lagoa de Itaenga
  • Lagoa do Ouro
  • Lagoa dos Gatos
  • Limoeiro
  • Macaparana
  • Machados
  • Moreilândia
  • Moreno
  • Nazaré da Mata
  • Olinda
  • Orobó
  • Palmares
  • Panelas
  • Paranatama
  • Parnamirim
  • Passira
  • Paudalho
  • Paulista
  • Pedra
  • Pesqueira
  • Petrolina
  • Poção
  • Pombos
  • Primavera
  • Quipapá
  • Recife
  • Riacho das Almas
  • Ribeirão
  • Rio Formoso
  • Sairé
  • Salgadinho
  • Sanharó
  • Santa Cruz
  • Santa Cruz da Baixa Verde
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Santa Maria da Boa Vista
  • Santa Terezinha
  • São Benedito do Sul
  • São Bento do Una
  • São Caetano
  • São João
  • São Joaquim do Monte
  • São José da Coroa Grande
  • São Lourenço da Mata
  • Santa Maria do Cambucá
  • São Vicente Férrer
  • Serra Talhada
  • Sirinhaém
  • Solidão
  • Surubim
  • Tabira
  • Tacaimbó
  • Tamandaré
  • Taquaritinga do Norte
  • Terezinha
  • Terra Nova
  • Toritama
  • Tracunhaém
  • Triunfo
  • Venturosa
  • Verdejante
  • Vertente do Lério
  • Vertentes
  • Vicência
  • Vitória de Santo Antão
  • Xexéu

Assine a nova newsletter do JC e fique bem informado sobre o coronavírus

Todos os dias, de domingo a domingo, sempre às 20h, o Jornal do Commercio divulga uma nova newsletter diretamente para o seu email sobre os assuntos mais atualizados do coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo. E como faço para receber? É simples. Os interessados podem assinar esta e outras newsletters através do link jc.com.br/newsletter ou no box localizado no final das matérias.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias