coronavírus

Governo de Pernambuco quer usar recursos de empréstimo com Banco Mundial para combate ao coronavírus

Os recursos disponíveis são de cerca de R$ 96 milhões, de acordo com a Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE)

JC
JC
Publicado em 22/04/2020 às 21:32
Notícia
WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB). - FOTO: WELINGTON LIMA/JC IMAGEM
Leitura:

O Governo de Pernambuco está perto de conseguir autorização para utilizar os recursos de um empréstimo com o Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) para ações de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19). De acordo com informações da Secretaria Estadual da Fazenda, os recursos disponíveis do financiamento são de US$ 18 milhões, que correspondem a cerca de R$ 95,76 milhões. 

>> Pernambuco dará pensão integral a família de servidor que morrer no combate ao coronavírus

>> Governo de Pernambuco vai poder utilizar recursos de dois fundos para ações de combate ao coronavírus

É o que prevê o Projeto de Lei Ordinária nº 1087/2020, aprovado nesta quarta-feira (22) pelas comissões de Constituição, Legislação e Justiça (CCLJ), Finanças e de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Ele será votado pelos deputados estaduais nesta quinta-feira (22) na sessão remota. 

Esse projeto altera a lei Lei nº 14.145/2010, que autorizou o estado a contrair empréstimo de até R$ 100 milhões com o BIRD para a implementação do Projeto Pernambuco Rural Sustentável, criado com o objetivo de promover negócios rurais no estado e ampliar o acesso à água e outras infraestruturas na zona rural. 

O projeto inclui o "Componente de Resposta Emergencial", possibilitando assim o uso dos recursos neste caso de emergência de saúde pública provocado pela pandemia do novo coronavírus. 

Ações

Caso o projeto seja aprovado, esse montante poderá ser utilizado para a compra de insumos e equipamentos médicos, e também para a contratação, treinamento e transporte de profissionais de saúde, etc. 

"Além de determinação e foco, é preciso criatividade ao buscar recursos para combater o coronavírus. O Governo do Estado achou esse dinheiro que, se não fosse remanejado, poderia nem ter como ser utilizado, por causa da própria pandemia', afirmou o deputado Tony Gel (MDB).

Comentários

Últimas notícias