Averiguação

MPF quer investigar verba de propaganda do governo federal

Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão pede investigação sobre eventual improbidade administrativa por parte do secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 22/05/2020 às 9:33
Notícia
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Fabio Wajngarten, secretário de Comunicação da Presidência da República - FOTO: Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

Brasília, 22 (AE) - A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão solicitou uma investigação na quinta-feira, 21, para garantir a transparência dos gastos com publicidade realizados pelo governo federal em campanhas publicitárias. No documento, os procuradores pedem investigação sobre eventual improbidade administrativa por parte do secretário de Comunicação da Presidência da República, Fabio Wajngarten, mostra reportagem da edição desta sexta-feira, 22, do jornal O Estado de S. Paulo.

A representação afirma que a secretaria direciona dinheiro para sites ideológicos e promove censura a veículos críticos ao governo, o que contraria a Constituição.

A Procuradoria cobra providências para que a Secom se abstenha de selecionar, para publicar propaganda oficial, veículos "em razão de afinidades ideológicas". E pede que sejam adotados critérios técnicos no direcionamento dos anúncios.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias