Bolsonaro

Após manifestação, Bolsonaro diz que o Brasil 'não vai se tornar aquilo que as outras pessoas querem'

Presidente se reuniu com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada

Gabriela Carvalho
Gabriela Carvalho
Publicado em 01/06/2020 às 9:51
Notícia
EVARISTO SA/AFP
De fato, Bolsonaro não governou. Perdeu popularidade, sem que houvesse fuga dos bolsonaristas de raiz - FOTO: EVARISTO SA/AFP
Leitura:

Após participar de manifestações que criticavam o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em encontro de rotina com apoiadores nesta segunda-feira (1), afirmou estar do lado do povo e disse que "o Brasil não vai se tornar aquilo que as outras pessoas querem".

Ainda no domingo (31),  Bolsonaro desembarcou na Esplanada dos Ministérios e, sem usar máscara, cumprimentou apoiadores que estavam em frente ao Palácio do Planalto participando de manifestação.

>> De Bolsonaro montado em cavalo ao ato de torcidas organizadas; veja a repercussão de protestos do fim de semana

Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada a bordo de um helicóptero e sobrevoou a Esplanada por cerca de 15 minutos. Depois, o helicóptero pousou próximo ao Palácio do Planalto, e o presidente seguiu a pé até onde estavam os manifestantes.

>> Bolsonaro republica tuíte de Trump contra movimento antifascista americano

Na manifestação, prevaleceram as críticas à atuação do Supremo Tribunal Federal (STF). Alguns manifestantes empunharam uma faixa pedindo "intervenção militar". Houve ainda uma bandeira que pedia "intervenção no STF".

 

 

 

 

 


Comentários

Últimas notícias