4040

Crivella diz que cumpriu missão, manda indiretas a Paes e agradece Bolsonaro

Prefeito do Rio de Janeiro foi derrotado no segundo turno das eleições 2020

JC Estadão Conteúdo
JC
Estadão Conteúdo
Publicado em 29/11/2020 às 21:27
Notícia
DIVULGAÇÃO
Marcelo Crivella é prefeito do Rio de Janeiro e bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:
Derrotado no pleito deste domingo, 29, por Eduardo Paes (DEM), o atual prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), fez um pronunciamento há pouco para dizer que cumpriu sua missão e agradecer o engajamento de seus eleitores, sobretudo evangélicos. Sem citar o nome de seu adversário, Crivella falou por dez minutos fazendo referências indiretas a Paes. No fim, não respondeu se havia ligado para parabenizar o prefeito eleito.
"Quero agradecer a votação que fizemos. Os institutos de pesquisa falavam com convicção que não iríamos nem ao segundo turno", comentou Crivella, que perdeu para Paes em todas as zonas eleitorais do Rio.
Depois, o atual prefeito agradeceu o apoio recebido do presidente Jair Bolsonaro. "O presidente é um homem de convicções. Ele nos apoiou, esteve ao nosso lado, deu declarações. Ele contrariou a maré por suas convicções", disse Crivella, acrescentando que vai batalhar pela reeleição de Bolsonaro.
Marcelo Crivella foi recebido com gritos de cerca de 30 apoiadores que foram ao comitê do partido, em Jacarepaguá, na zona oeste. Ao deixar o local, alguns apoiadores soltaram fogos.

RESULTADO NAS URNAS

Eduardo Paes, do DEM, foi eleito prefeito do Rio de Janeiro neste domingo (29). Com 100% das urnas apuradas, o democrata soma 1.629.319 votos válidos, um percentual de 64,07%. Crivella, dos Republicanos, conquistou 913.700 votos e 35,93% da preferência dos cariocas.

No primeiro turno, Paes teve 974.804 votos, o que equivale ao percentual de 37,01% do eleitorado. Já Crivella teve 576.825 votos, uma porcentagem de 21,9%.
 
 

Últimas notícias