Nomeação

Apesar do rompimento entre PT e PSB, filha de petista ganha espaço no governo Paulo Câmara

Maria Luísa Guarines Peixoto ocupará o cargo de assessora do Projeto Novas Oportunidades ao Egresso na Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude. Ela é filha de Dilson Peixoto, petista histórico

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 25/01/2021 às 15:40
Foto: Divulgação
"Minha filha tem um CPF e eu tenho outro", afirmou Dilson Peixoto ao JC - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

Pouco mais de dez dias após o PT anunciar que entregaria todos os cargos que ocupa no governo de Pernambuco, Maria Luísa Guarines Peixoto, filha do secretário estadual de Desenvolvimento Agrário (SDA), Dilson Peixoto (PT), foi nomeada para o cargo de assessora do Projeto Novas Oportunidades ao Egresso na Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude. Dilson Peixoto é um dos nomes fortes do PT no Estado e está de saída da SDA, que passará a ser chefiada pelo deputado estadual licenciado Claudiano Martins (PP). A nomeação de Maria Luísa foi publicada no Diário Oficial do último sábado (23).

O desembarque do PT do governo é tema de divergências internas na legenda desde que o nome da deputada federal Marília Arraes foi confirmado pelo partido na disputa pela Prefeitura do Recife em 2020. De lá para cá, uma ala da sigla defendia a entrega dos cargos na SDA e outra parte da agremiação acreditava que o partido deveria continuar fazendo parte da base de sustentação do PSB no Estado.

>> Marília Arraes quer direita e esquerda unidas para ''vencer o PSB'' em Pernambuco

>> PT rompe com o PSB e entregará os cargos no governo Paulo

>> 'Isso faz parte da política', diz Paulo Câmara sobre eventual candidatura de Marília Arraes

>> Petista do governo Paulo Câmara discorda que PT entregue cargos, caso Marília Arraes seja candidata à Prefeitura do Recife

No último dia 14, no entanto, o presidente do PT-PE, deputado Doriel Barros, lançou uma nota confirmando o desembarque petista. Na época, ele disse que a decisão foi tomada não por "divergências administrativas com o governo", mas como uma "consequência política do acirrado enfrentamento eleitoral municipal de 2020, especialmente no Recife", onde a legenda teria recebido do PSB um "tratamento inaceitável, desrespeitoso e incompatível com o histórico de relacionamento de nível elevado entre as siglas".

Procurado nesta segunda-feira (25) para comentar a nomeação de Maria Luísa Peixoto - que em suas redes sociais se intitula como "militante do PT" -, Doriel Barros informou, através da sua assessoria de imprensa, que por motivos pessoais não poderia falar com a reportagem. Presidente estadual do PSB e titular da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes disse que não comentaria o assunto.

Em troca de mensagens com o JC, Dilson Peixoto foi sucinto ao comentar o caso. "Minha filha tem um CPF e eu tenho outro. Ela foi convidada para um cargo de assessoria pelo secretário Sileno Guedes e aceitou", cravou o petista.

INDEPENDÊNCIA?

Quando o rompimento do PT com o PSB foi anunciado, o partido informou que adotaria uma postura de "independência" com relação ao governo do Estado, inclusive na Assembleia Legislativa (Alepe). A nomeação da filha de Peixoto, no entanto, põe em dúvidas se a totalidade da agremiação adotará essa postura.

Em entrevista à Rádio Folha na manhã desta segunda-feira (25), Marília Arraes - que apesar de já ter sido filiada ao PSB é contra a aproximação de petistas e socialistas desde 2018 - afirmou que permanecerá na oposição em Pernambuco, sobretudo em 2022. "Vou me manter no campo da oposição ao PSB e buscar construir unidade da oposição da melhor forma possível. É um papel que as urnas nos deram, mesmo sem a vitória eleitoral, mas foi um recado político, foi uma vitória política. Precisamos, aqui em Pernambuco, unir o apoio da massa, o apoio popular, com apoio político. Sem essas coisas juntas, fica muito difícil derrotar a máquina, principalmente com as grandes estruturas que o PSB coloca na rua", declarou a parlamentar.

Comentários

Últimas notícias