Palácio do Planalto

'Sem comentários', diz Mourão sobre críticas de Bolsonaro

Na última segunda-feira (26), o presidente disse que o vice "atrapalha um pouco" o governo

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 27/07/2021 às 14:33
Notícia
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Hamilton Mourão e Jair Bolsonaro - FOTO: Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
Leitura:

O vice-presidente da República Hamilton Mourão (PRTB) evitou, nesta terça-feira (27), responder a crítica que recebeu do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que declarou que ele "atrapalha um pouco" o governo. As informações são do UOL.

"Sem comentários", disse o general, que está no Peru para acompanhar a posse do presidente eleito Pedro Castillo. A fala de Bolsonaro é da última segunda-feira (26), e foi dita enquanto o presidente era entrevistado por uma rádio. No momento, ele também afirmou que o vice da sua chapa foi escolhido "a toque de caixa" e que o ocupante do posto é como um cunhado, que a pessoa tem que "aturar" depois que se casa.

"O vice é igual cunhado: você casa e tem que aturar o cunhado do teu lado, não pode mandar o cunhado embora", observou o militar da reserva. Apesar disso, o presidente declarou que Mourão "faz o seu trabalho" com "uma independência muito grande".

>> Bolsonaro afirma que Mourão 'por vezes' atrapalha governo

>> 'É muito chato deixar o vice fora de reuniões com ministros', diz Mourão

>> 'É muito chato deixar o vice fora de reuniões com ministros', diz Mourão

Esta não foi a primeira vez que Bolsonaro fez críticas públicas ao vice. No início deste ano, ele se irritou quando Mourão sinalizou que o então ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, poderia deixar o cargo. "O que nós menos precisamos é de palpiteiro de ministro. Se alguém quiser escolher ministro, que se candidate em 2022 e boa sorte", disparou, na época.

Há cerca de um mês, o vice-presidente disse que não foi convidado para uma reunião entre Bolsonaro, ministros e autoridades e afirmou que sente falta de se encontrar com o presidente. "A gente fica sem saber o que está acontecendo, né?", queixou-se.

Há registros de desentendimentos entre os dois em fevereiro, e em maio Mourão disse ao UOL que não acredita que será escolhido pelo presidente para compor a sua chapa de reeleição em 2022.

Comentários

Últimas notícias