Recepção

Centenas de apoiadores recebem Bolsonaro no Sertão de Pernambuco; presidente participa de inauguração do Ramal do Agreste

Obra hídrica deve beneficiar mais de 2 milhões de pessoas na região

Angela Fernanda Belfort Renata Monteiro
Angela Fernanda Belfort
Renata Monteiro
Publicado em 21/10/2021 às 14:17
Reprodução/YouTube
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai a Sertânia, no Sertão de Pernambuco. - FOTO: Reprodução/YouTube
Leitura:

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), foi recebido por centenas de apoiadores no início da tarde desta quinta-feira (21) na cidade de Sertânia, no interior de Pernambuco. O militar da reserva está no Estado para a inauguração do Ramal do Agreste, obra hídrica que, junto com as duas etapas da Adutora do Agreste, deve beneficiar mais de 2 milhões de pessoas na região.

Bolsonaro chega a Pernambuco depois de passar por São José de Piranhas, na Paraíba, onde inaugurou o último trecho de canal do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. O presidente está acompanhado por auxiliares - como o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho - e aliados, como o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB).

Acompanhe ao vivo a inauguração:

>> Bolsonaro entrega Ramal do Agreste a Pernambuco nesta quinta-feira

>> MDR afirma que Pernambuco não colocou dinheiro para ligar ramal à Adutora do Agreste que Bolsonaro inaugura nesta quinta-feira

>> Com Paulo Câmara ausente, FBC, Miguel Coelho e Gilson Machado Neto acompanham Bolsonaro em visita ao Ramal do Agreste, em Sertânia

O Ramal do Agreste vai levar a água do Rio São Francisco para a Adutora do Agreste, que por sua vez a distribuirá para 23 municípios na primeira etapa, que está em obras desde 2013. A obra hídrica foi feita com recursos do governo federal e pelo próprio Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Já a primeira fase da Adutora do Agreste está sendo construída pela Compesa e teve suas obras paralisadas várias vezes devido à falta de repasse de recursos do governo federal. A primeira etapa da Adutora só será concluída em 2022, caso o governo federal repasse R$ 200 milhões para a finalização das obras.

As entregas fazem parte do Jornada das Águas, evento que visa reforçar o compromisso do Governo Federal de levar água a quem mais precisa. O trajeto começou no dia 18 de outubro, em São Roque de Minas (MG), e vai passar pela região do semiárido nordestino. Nas agendas, promovidas até o dia 28 de outubro, serão realizados anúncios e entregas de obras de infraestrutura, preservação e recuperação de nascentes e cursos d’água, saneamento, irrigação, apoio ao setor produtivo e aos municípios, além de mudanças normativas que vão revolucionar a maneira como brasileiro se relaciona com a água.

Comentários

Últimas notícias