De olho em 2022

Pré-candidata, Marília Arraes segue com giro por Pernambuco e vai até o Litoral Sul

Região foi escolhida pela deputada após série de agendas no sertão pernambucano

Luisa Farias
Luisa Farias
Publicado em 29/10/2021 às 17:12
Inácio Melo/Divulgação
Em Tamandaré, ao lado do pároco do município, Arlindo Júnior, a petista foi até a Associação Padre Arlindo - FOTO: Inácio Melo/Divulgação
Leitura:

Depois de um giro pelo sertão de Pernambuco, a deputada federal Marília Arraes (PT), fez uma nova rodada de agendas, desta vez no Litoral Sul de Pernambuco. Pré-candidata a governadora, Marília repete o mesmo movimento das eleições de 2018, quando tentou viabilizar a sua candidatura no estado mas foi rifada em nome da aliança entre PSB e PT. 

Para 2022, há um novo cenário, em que o ex-presidente Lula é pré-candidato ao Palácio do Planalto e busca apoio de partidos como o PSB. Petistas e socialistas ensaiam em Pernambuco uma retomada da aliança rompida em 2020, na eleição do Recife. Na época, com Marília e João Campos (PSB) disputaram o segundo turno. 

Não está definido ainda se haverá algum arranjo para que os dois partidos componham a mesma chapa majoritária. O presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, já adiantou que a sigla não pretende abrir mão da cabeça de chapa, e que o PT só poderá fazer parte das discussões sobre eleições caso retorne para a Frente Popular. 

Para uma eventual vaga para o Senado na coligação, entre os petistas, são cotados os nomes do deputado federal Carlos Veras (PT) e do presidente do PT-PE, Doriel Barros, ambos presentes em recentes agendas do governador Paulo Câmara (PSB).

Em paralelo, Marília segue defendendo uma candidatura própria do PT, e acredita que Lula poderia ter dois palanques no estado, assim como ocorreu em pleitos anteriores, como em 2006. Naquele ano, Humberto Costa (PT) e Eduardo Campos (PSB) eram candidatos ao governo.

Em agosto deste ano, Humberto chegou externar a disposição se lançar candidato ao governo caso seja a melhor estratégia para alavancar o nome de Lula nas eleições presidenciais, mas voltou atrás e declarou apoio à uma candidatura única da Frente Popular. Em setembro, Doriel descartou totalmente a possibilidade do PT lançar candidato. 

 

Agendas

Marília Arraes visitou os municípios de Rio Formoso, Barreiros, São José da Coroa Grande, Tamandaré, Cabo de Santo Agostinho e Sirinhaém. 

Nas cidades de Sirinhaém e Cabo, Marília se encontrou com os prefeitos Camila Machado (PP) e Keko do Armazém (PL), respectivamente. Na pauta das conversas, capacidade de desenvolvimento da região do Litoral Sul. "Levar o desenvolvimento para essa região do estado é importante demais para fortalecer cidades que têm um grande potencial e que têm pessoas capacitadas na gestão", afirmou Marília. 

A parlamentar também participou de reunião com o vereador do Cabo Zéu (PT) e o ex-prefeito de Sirinhaém, Alberto Machado.

Inácio Melo/Divulgação
Deputada federal Marília Arraes faz giro pelo Litoral Sul - Inácio Melo/Divulgação
Inácio Melo/Divulgação
Deputada federal Marília Arraes faz giro pelo Litoral Sul - Inácio Melo/Divulgação
Inácio Melo/Divulgação
Deputada federal Marília Arraes faz giro pelo Litoral Sul - Inácio Melo/Divulgação
Inácio Melo/Divulgação
Deputada federal Marília Arraes faz giro pelo Litoral Sul - Inácio Melo/Divulgação
Inácio Melo/Divulgação
Deputada federal Marília Arraes faz giro pelo Litoral Sul - Inácio Melo/Divulgação

Já em Tamandaré, ao lado do pároco do município, Arlindo Júnior, a petista foi até a Associação Padre Arlindo e o Projeto Padre Enzo. Este último atende 500 crianças do município e já recebeu emendas parlamentares de Marília. 

Ela foi recebida pelo líder político Jorge Marques em Rio Formoso. Em São José da Coroa Grande, ela participou de encontro com outra liderança, Pedro Ivo. Por fim, em Barreiros, ela concedeu entrevista a uma rádio local. 

Comentários

Últimas notícias