Homenagem

Entrega do título de cidadão pernambucano a Hamilton Mourão é adiada, diz Alepe

A solenidade seria realizada às 18h, no Auditório Senador Sérgio Guerra, na sede do Legislativo estadual

Renata Monteiro
Cadastrado por
Renata Monteiro
Publicado em 25/04/2022 às 11:10 | Atualizado em 25/04/2022 às 11:18
BRUNO BATISTA/VPR
O vice-presidente Hamilton Mourão - FOTO: BRUNO BATISTA/VPR
Leitura:

A cerimônia que concederia, nesta terça-feira (26), o título de cidadão pernambucano ao vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos) foi adiada, informou nesta segunda (25) a assessoria de imprensa da Alepe. A solenidade seria realizada às 18h, no Auditório Senador Sérgio Guerra, na sede do Legislativo estadual.

A Alepe não deu detalhes sobre o adiamento da concessão da honraria, apenas que o cancelamento da agenda foi solicitado pelo vice-presidente. Ainda não há uma nova data para o evento. A proposição que possibilitou a entrega do título a Mourão é de autoria do deputado estadual Marco Aurélio Meu Amigo (PSB), que fazia parte do antigo partido do militar, o PRTB.

Também veio de Marco Aurélio, inclusive, a proposta de concessão do título de cidadão recifense ao vice-presidente em 2018, quando eles ainda eram vereador da capital pernambucana e candidato ao Planalto, respectivamente. Em maio de 2019, Mourão recebeu a honraria na Câmara de Vereadores.

Naquela época, já deputado estadual, Marco Aurélio era um ferrenho crítico do PSB em Pernambuco, tendo chegado até a ocupar a liderança da oposição na Alepe. Hoje socialista, ele está ao lado de Danilo Cabral (PSB) na pré-campanha pelo Governo do Estado. O Republicanos, atual partido de Mourão, também está na Frente Popular, coligação que dá sustentação à gestão do PSB.

Com a vinda de Mourão ao Recife, havia a expectativa de que ele aproveitasse para se encontrar com o governador Paulo Câmara (PSB), possivelmente no Palácio do Campo das Princesas. A Secretaria de Imprensa do governo, porém, não confirmou a reunião.

Antônio Hamilton Martins Mourão nasceu na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, em 15 de agosto de 1953. Ele é filho do general de divisão Antônio Hamilton Mourão e de Wanda Coronel Martins Mourão. O hoje general ingressou no Exército Brasileiro em 26 de fevereiro de 1972, na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), sediada em Resende, Rio de Janeiro.

Comentários

Últimas notícias