Fake News

É falso: TRE-PE alerta que deixar de votar em outros candidatos não anula o voto para presidente

Assim como nas eleições de 2018, informações falsas sobre "voto parcial" voltaram a circular nos aplicativos de mensagens

Mirella Araújo
Cadastrado por
Mirella Araújo
Publicado em 09/05/2022 às 15:44 | Atualizado em 09/05/2022 às 17:32
ANTONIO AUGUSTO/ASCOM/TSE
O Tribunal Eleitoral também esclarece que não ocorreu nenhum tipo de treinamento para mesários em 2022 - FOTO: ANTONIO AUGUSTO/ASCOM/TSE
Leitura:

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) faz mais um alerta sobre o compartilhamento de informações falsas nos aplicativos de mensagens. De acordo com o órgão, tem circulado uma mensagem afirmando que se o eleitor for anulando voto por por voto, escolhendo somente o candidato a presidente, terá todos os seus votos cancelados, inclusive o de presidente. 

“A informação é falsa. O eleitor pode, sim, escolher votar apenas para presidente. O voto não é invalidado se o eleitor votar em um só cargo e optar por nulo ou branco nos demais”, explicou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que já havia desmentido esse tipo de informação nas eleições de 2018. 

Nessa mesma mensagem que tem sido espalhada nos aplicativos de mensagem, é dito que a informação sobre anulação do "voto parcial" teria sido divulgada durante um suposto treinamento de mesários da Justiça Eleitoral, no entanto, nenhum treinamento foi realizado em 2022. 

“Vale lembrar que o voto em branco ocorre quando o eleitor escolhe a opção da tecla específica de cor branca e confirma na urna eletrônica. Já o voto nulo ocorre quando o eleitor digita um número que não corresponde a nenhum candidato ou partido político oficialmente inscrito. Votos brancos e nulos são computados para fins estatísticos, mas não são considerados votos válidos”, ressaltou o TSE.

 

Comentários

Últimas notícias