Tribunal Regional Eleitoral

Eleições 2022: TRE-PE e veículos de imprensa de Pernambuco se unem na Frente de Combate à Desinformação 

A iniciativa tem o objetivo de levar à população informações verdadeiras e precisas em relação às eleições 2022, combatendo as chamadas "fake news" e reforçando a importância da imprensa na construção da democracia e da cidadania

JC
Cadastrado por
JC
Publicado em 09/06/2022 às 21:49 | Atualizado em 09/06/2022 às 21:52
DAY SANTOS/JC IMAGEM
TRE-PE e imprensa de Pernambuco se unem na Frente de Combate à Desinformação - FOTO: DAY SANTOS/JC IMAGEM
Leitura:

Diante do desafio de barrar o avanço da disseminação de notícias falsas durante o processo eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), em parceria com vários veículos de imprensa do Estado, incluindo os do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC), lançou, nesta quinta-feira (9), a Frente de Combate à Desinformação de Pernambuco. A iniciativa, apresentada na sede do órgão, no Derby, Centro do Recife, tem o objetivo de levar à população informações verdadeiras e precisas em relação às eleições 2022, combatendo as chamadas "fake news" e reforçando a importância da imprensa na construção da democracia e da cidadania.

Com o Projeto Checagem, articulado pela assessoria de comunicação do TRE-PE, os veículos se envolverão em um trabalho conjunto de checagem de conteúdos que circulam em redes sociais e aplicativos de mensagens.

“Tanto a Justiça Eleitoral quanto a imprensa perseguem o mesmo fim: uma democracia séria e eleições sérias, com resultados fidedignos”, disse o presidente do TRE-PE, desembargador André Guimarães, ao apresentar o projeto.

DAY SANTOS/JC IMAGEM
TRE-PE e imprensa de Pernambuco se unem na Frente de Combate à Desinformação - DAY SANTOS/JC IMAGEM
DAY SANTOS/JC IMAGEM
TRE-PE e imprensa de Pernambuco se unem na Frente de Combate à Desinformação - DAY SANTOS/JC IMAGEM
DAY SANTOS/JC IMAGEM
TRE-PE e imprensa de Pernambuco se unem na Frente de Combate à Desinformação - DAY SANTOS/JC IMAGEM
DAY SANTOS/JC IMAGEM
TRE-PE e imprensa de Pernambuco se unem na Frente de Combate à Desinformação - DAY SANTOS/JC IMAGEM
DAY SANTOS/JC IMAGEM
TRE-PE e imprensa de Pernambuco se unem na Frente de Combate à Desinformação - DAY SANTOS/JC IMAGEM

O secretário de Tecnologia da Informação e Comunicação do TRE-PE, George Maciel, apresentou à imprensa pernambucana o novo modelo de urna eletrônica, equipamento que é alvo constante de notícias falsas. As novas máquinas vão estrear em algumas zonas eleitorais nas eleições 2022.

“As urnas vão evoluindo ao longo do tempo, mas mantendo a segurança de sempre, incluindo mais recursos de acessibilidade”, resumiu.

No âmbito nacional, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) reuniu, entre a terça (7) e a quarta-feira (8), em Brasília, plataformas digitais e partidos políticos para apresentar boas práticas no uso dos recursos e funcionalidades das plataformas digitais, além da conscientização quanto às regras e políticas aplicáveis ao processo eleitoral e à desinformação.

A secretária-geral do TSE, Christine Peter da Silva, ressaltou, que o combate à desinformação é uma missão que abrange indistintamente partidos políticos, instituições públicas e privadas e, também, plataformas digitais, especialmente no cenário atual, em que democracias são ameaçadas pela disseminação sistemática de conteúdos falsos.

“Convido a todas e a todos que aqui estão para ações efetivas, para que possamos, com a mão na massa e juntos, acreditarmos que é possível, pelo menos, minimizar na máxima potencialidade os efeitos nocivos e deletérios da desinformação no processo eleitoral brasileiro de 2022”, afirmou Christine durante o encontro.

Twitter, TikTok, Google/YouTube, Meta (Facebook e Instagram) e Telegram tiveram a oportunidade de mostrar as principais iniciativas para o combate às fake news e para o incentivo à propagação de conteúdo noticioso genuíno, algumas desenvolvidas de forma piloto para serem empregadas no processo eleitoral das eleições 2022 no Brasil e, posteriormente, replicadas para outros países.

O TSE informa que tem realizado um diálogo constante e ininterrupto com seus mais de 130 parceiras do Programa Permanente de Enfretamento à Desinformação.

Comentários

Últimas notícias