RECALL DE MARCAS

Com exemplar atuação na pandemia, UNINASSAU fica em destaque também no JC Recall

Os 19 anos de mercado resultam num ensino para a vida em qualquer situação

JC360
Cadastrado por
JC360
Publicado em 26/05/2022 às 14:18
Divulgação/UNINASSAU
Infraestrutura, projetos e pessoas: equipe acadêmica e administrativa aliada à tradição justificam posto na memória do consumidor - FOTO: Divulgação/UNINASSAU
Leitura:

“Se você tem uma alta qualidade de prestação de serviços, se você trabalha com a responsabilidade social na sua empresa, a marca ficará na memória do público”, ensina o presidente do grupo Ser Educacional, Jânyo Diniz. Ele fala sobre a posição da UNINASSAU, a marca número um na categoria “Faculdade particular” do JC Recall de Marcas deste ano. “A marca é o bem mais precioso de qualquer empresa”, arremata o presidente.

São quase duas décadas de trajetória e muitos anos na lista das marcas mais lembradas pela sociedade pernambucana. Jânyo credita o desempenho à equipe acadêmica e administrativa aliada à tradição de uma marca que já faz parte da sua região.

“Durante todos esses anos, formamos profissionais capacitados e nos preocupamos em ir além disso: formar cidadãos conscientes do seu papel social. Somos muito mais que uma instituição de ensino, nossos projetos sociais são reconhecidos internacionalmente e ajudam, todos os dias, a construir uma sociedade mais igualitária”, destaca o presidente.

A UNINASSAU foi fundada em 2003, no Recife, e faz parte do grupo Ser Educacional. “Iniciamos com apenas 500 alunos e crescemos, ao longo dos anos, baseando nossa trajetória na qualidade de ensino e na perspectiva de que somos contribuidores na construção de uma sociedade melhor, uma sociedade que precisa da educação para se desenvolver. Fazer parte dessa história é motivo de orgulho, de agradecimento e de incentivo”.

Divulgação/UNINASSAU
"Durante todos esses anos, formamos profissionais capacitados e nos preocupamos em ir além disso: formar cidadãos conscientes do seu papel social", diz Diniz - Divulgação/UNINASSAU

Educação na pandemia, educação EAD

Com o início do isolamento causado pela pandemia, a expertise da UNINASSAU com a Educação à Distância (EAD) foi fundamental, assim como a tecnologia e a inovação. “Mas, acredito que o mais importante para nós e para os estudantes foi aprender com as mudanças bruscas e não paralisar as atividades”.

Com o início da pandemia, em apenas cinco dias, a UNINASSAU transferiu todas as atividades presenciais para o modelo remoto, sem prejuízo ao calendário acadêmico, à qualidade do ensino ou ao aprendizado. No período, a instituição se reinventou, criou projetos que tornaram as aulas mais dinâmicas, únicas e proveitosas. E não ficou apenas nisso. A instituição oportunizou aulas com profissionais internacionais, agregou conteúdos e novas experiências. Tudo deu muito certo.

Divulgação/UNINASSAU
UNINASSAU iniciou sua história com apenas 500 alunos e foi crescendo juntamente com a trajetória na qualidade de ensino - Divulgação/UNINASSAU

“Hoje, ofertamos o melhor EAD do Brasil e somos premiados internacionalmente com projetos relacionados ao ensino a distância”, acrescenta o presidente. O grupo Ser Educacional - um dos maiores grupos privados de educação do Brasil - lidera nas regiões Nordeste e Norte em alunos matriculados.

Novos projetos

Com todos os aprendizados adquiridos durante a pandemia, a UNINASSAU começou a desenvolver novos projetos, com ampliação do ensino e aprendizagem dos estudantes. O Ubíqua é um exemplo - com ele, outras 10 propostas vêm sendo testadas e implantadas.

O Ensino Híbrido permite a integração online e off-line. Os estudantes contam com o Ambiente Virtual de Aprendizagem, o AVA, com acesso a conteúdos criativos como jogos e vídeos temáticos - tudo em conexão com o ensino presencial. Leia o quadro e conheça mais sobre os projetos da UNINASSAU.

Comentários

Últimas notícias