Renda: da realeza para o dia a dia, sofisticação e sensualidade nos detalhes

MIRELLA MARTINS
MIRELLA MARTINS
Publicado em 27/09/2014 às 8:21
Foto: reprodução
Foto: reprodução
Leitura:

Inicialmente restrita aos caprichos do clero e da realeza europeia, que utilizavam o bordado em mantos e véus, a renda foi difundida rapidamente pela corte francesa e já no século 17 era usada em adornos de cabeça, babados, e enfeites de vestidos. No Brasil, a famosa renda de bilros, também conhecida como renda de pescador, foi trazida pelos portugueses e, por muito tempo, foi a ocupação das freiras, que teciam alfaias para os altares dos conventos e igrejas.

Foto: reprodução Foto: reprodução

Ao passar do tempo, a renda encontrou seu espaço na moda, reinventando-se a cada temporada e trazendo propostas distintas, em mix de estampas, cores e texturas. A queridinha da vez é a renda guipir, que possui um entrelaçado mais grosso e surge nos detalhes de blusas, saias, shorts e vestidos, trazendo mais feminilidade e delicadeza ao look de verão. "A renda é versátil e por isso pode transitar entre o ambiente de trabalho, além de ocasiões descontraídas e até casamentos sofisticados", comenta Magna Coeli, estilista da Refazenda.

Foto: reprodução Foto: reprodução

Ideal para compor um visual rústico sem deixar a elegância de lado, a renda guipir aparece na estação mais quente do ano como uma forma de trazer mais bossa ao look despojado. Para uma produção informal, entretanto, vale combinar o tecido com jeans de lavagem simples, já para um visual mais requintado, a ideia é combinar com peças de alfaiataria, pois traduzem bem esta formalidade.

Foto: reprodução Foto: reprodução

"Nesta temporada, a renda confere sua sofisticação e sensualidade a detalhes como a barra da saia, o decote da blusa, ou ainda aplicada em forma de flores nas camisas e tops cropped", explica Coeli. "É uma forma de uso mais sutil e que minimiza aquele ar romântico associado ao tecido". Por outro lado, é quase impossível reduzir a carga fetichista da renda, que historicamente aparece nas lingeries, por isso é importante combiná-la com peças mais sóbrias e em tons neutros para o dia a dia e deixar os acessórios poderosos para a noite. Afinal, como dizia a icônica Coco Chanel, a simplicidade é a chave da verdadeira elegância.

Foto: reprodução/ reprodução/ divulgação Refazenda Foto: reprodução/ reprodução/ divulgação Refazenda

Últimas notícias