GNT exibe série que mostra a diferença entre orientação sexual e gênero

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 16/10/2016 às 14:00
João Jardim entrevistou Liniker - Foto: GNT/Divulgação
João Jardim entrevistou Liniker - Foto: GNT/Divulgação
Leitura:

Estreia quarta (19), no GNT, a série Liberdade de Gênero, sob direção de João Jardim (diretor de Janela da Alma). Num roteiro documental, a série trata sobre a orientação sexual das pessoas e sobre gênero, que são distintos. “Um dos maiores desafios é mostrar que a orientação sexual das pessoas, com quem elas transam – homem, mulher ou os dois –, não tem nada a ver com o gênero. Gênero é como as pessoas querem se expressar no mundo: se como homem, mulher ou nenhum dos dois. Tornar familiar o que, em princípio, é estranho: é essa a aposta do programa”, conta Jardim.

Há relatos de pessoas contando como lidam com a transexualidade dentro da família e o que aprenderam, e também de personagens como a psicanalista e escritora Letícia Lanz, que é casada há 40 anos com Ângela. Nascida Geraldo, Letícia fez a transição de gênero após 30 anos de casamento e um infarto. "Eu não sou homem nem mulher, sou uma construção de mim mesma. Não nasci com o gênero errado, nasci na sociedade errada. O Geraldo não morreu, só evoluiu”, conta.

Leia também: Robeyoncé e a luta de uma mulher trans para ser quem é

Últimas notícias