Denílson vence Belo em disputa judicial e cachês do cantor são bloqueados

Anneliese Pires
Anneliese Pires
Publicado em 07/11/2017 às 17:40
Belo e Denilson /Foto: Reprodução
Belo e Denilson /Foto: Reprodução
Leitura:

Após decisão judicial, o comentarista esportivo Denílson venceu e conseguiu bloquear os cachês de Belo. A Justiça de São Paulo determinou que as principais emissoras de televisão do País - Globo, Record TV, SBT, Bandeirantes, Gazeta e Rede TV! - façam o depósito em juízo de eventuais cachês do cantor.

"Visando a penhora para satisfação do crédito, oficiem-se as empresas Rede Globo, SBT, Record, Bandeirantes, Gazeta e Rede TV!, determinando que efetuem o deposito judicial, à disposição deste Juízo, de eventual crédito que o executado faça jus, por si ou como representante das empresas das quais é sócio", comunicou o juiz Carlos Mazza Melfi.

Entenda: Denílson havia comprado os direitos do grupo de pagode Soweto quando o cantor quebrou o contrato, saindo do grupo para iniciar sua carreira solo. Eles travavam uma batalha judicial desde 2000. Belo foi condenado a pagar R$ 4,7 milhões, mas com as correções monetárias, o valor chega a R$ 5,8 milhões.

Últimas notícias