Marília Mendonça prega união entre as mulheres na música com Maiara e Maraisa

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 08/03/2018 às 17:42
Marília Mendonça entre Maiara e Maraisa - Foto: reprodução
Marília Mendonça entre Maiara e Maraisa - Foto: reprodução
Leitura:

Marília Mendonça está em duas músicas que chegaram às paradas musicais, nesta quinta, 8 de março, Dia da Mulher. Ambas com letras que têm a ver com a data. Em Perdeu a razão, de Joelma, Marília é a convidada; já em A culpa é dele, é a cantora goiana quem convida Maiara e Maraisa.

A culpa é dele flerta com sororidade, conceito que significa união entre as mulheres. A letra é um diálogo de duas amigas que ficaram com o mesmo homem. Ao invés de o fato abalar a amizade e torná-las inimigas, elas desprezam o cara. "Mulher que deixa de ser amiga da outra por causa de um macho, vale menos do que o macho. É ou não é?", diz Marília, com seu jeito espontâneo.

Perdeu a razão, de Joelma, fala de violência doméstica, com os versos "Quem agride perde a razão" e "Na hora da raiva, pra quê cê levantou a mão pra ela?". A música, no entanto, termina mal quando canta "Agora ela tá dormindo com outro/

E você com 15 macho nessa cela", como se por isso é que não vale a violência...

LEIA TAMBÉM: Joelma chora no vídeo de divulgação, ao relembrar as agressões que a mãe sofria do marido.

Últimas notícias