Zezé Di Camargo alfineta Anitta após internauta dizer que Wanessa imita cantora

Anneliese Pires
Anneliese Pires
Publicado em 29/04/2018 às 8:51
ANITTAWANESSA FOTO:
Leitura:

Com uma pegada pop e estilo sensual, Wanessa lançou nesta semana o clipe da sua nova música Mulher-Gato. Desde então, rolou chuva de críticas àmoça pelas redes sociais. Houve até quem acusou a filha mais velha de Zezé Di Camargo de imitar Anitta. O cantor viu o comentário e, como de praxe, decidiu se pronunciar e defender a filha.

Uma seguidora postou: “Ah, desculpa, mas uma imitação 100% da Anitta… Wanessa tem que ser ela e não imitar os outros”. Zezé não deixou barato e a respondeu. “Então a Wanessa imita a Anitta, que imita a Beyoncé, que imita a Madonna e etc… todas que cantam nesse estilo vão parecer imitações. Antes da Anitta existir, Wanessa já era sucesso e gravava esse tipo de música”.

 

Apesar das críticas e a polêmica em torno da música, Wanessa tem se mostrado animada com o trabalho: “Eu estava com vontade de me divertir um pouco em minha música – mas ao mesmo tempo cantar sobre algo que pra mim é libertador – e essa música fala sobre um tema mais sexual. É importante pra mim, como mulher, falar também sobre isso”.

Em seu perfil oficial no Twitter, Wanessa se defendeu dos ataques: “Por mais que a música pop seja despretensiosa, há assuntos subjetivos em pauta! Mulher Gato está gerando uma discussão que ajuda a desconstruir estigmas sobre o que nós mulheres podemos ou não cantar, fazer ou falar… da forma que a gente quiser”. Wanessa contou ainda a história por trás da música: “A história de ‘Mulher Gato’ é engraçada. Eu estava em fase de ouvir novas faixas e, já com algumas canções favoritas, me apareceu essa música. Eu pensei: “o quê?” Mostrei para a minha equipe e para pessoas próximas. De início, houve um estranhamento. ‘Como assim, Wanessa?’ e eu estava louca com a música. Desde então, quis preparar com todo o cuidado e paciência do mundo. Minha equipe e eu decidimos fazer tudo primeiro e apenas lançar! Não dizer nada, não gerar expectativas, não prometer nada. Dar o pulo na hora certa”.

Últimas notícias