Amal e George Clooney doam US$ 100 mil para ajudar crianças imigrantes

Igor Guaraná
Igor Guaraná
Publicado em 20/06/2018 às 14:50
Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram
Leitura:

George Clooney e sua mulher, Amal Alamuddin, revelaram a revista People que doaram cerca de US$ 100 mil - ou aproximadamente R$ 373 mil - para ajudar crianças separadas dos pais na fronteira entre México e EUA. "Em algum ponto no futuro, nossos filhos (os gêmeos Ella e Alexander, de 1 ano) vão nos perguntar: 'É verdade, nosso país realmente tirou bebês de seus pais e os colocou em centros de detenção?'. E quando respondermos  'sim', eles vão nos perguntar o que nós fizemos sobre isso. O que dissemos. Como nos posicionamos. Não podemos mudar a política desse governo, mas podemos ajudar a defender suas vítimas", disse o ator.

Maria Woltjen, diretora do Young Center for Immigrant Children’s Rights, instituição que recebeu a doação, agradeceu e criticou o atual governo. "A política dessa administração desconsidera a lei international e os princípios básicos de decência humana. Tratar crianças de uma maneira tão cruel não só viola seus direitos legais como desrespeita suas necessidades básicas", disse Woltjen. Ela ainda completou: "Estamos fazendo tudo que podemos para advogar em nome das milhares de crianças que estão separadas e sozinhas, e somos gratos pelo generoso apoio de George e Amal Clooney e da Clooney Foundation for Justice - isso não poderia ser mais vital nesse momento".

Quase 2 mil menores de idade foram separados de seus parentes adultos que tentaram entrar nos EUA ilegalmente. Os adultos estão endo processados criminalmente. Portanto, são levados para penitenciárias e as crianças para abrigos. Muitos deles são muito pequenos e, na grande maioria, não falam inglês.

Últimas notícias