Sidney Magal e Pabllo Vittar falam sobre preconceitos e diferenças

Victor Augusto
Victor Augusto
Publicado em 26/11/2018 às 8:56
Sidney Magal e Pabllo Vittar (Imagem: Reprodução)
Sidney Magal e Pabllo Vittar (Imagem: Reprodução)
Leitura:

Duas pessoas se encarando: ele usava sapatos brilhantes e um terno florido, ela utilizava cílios postiços, peruca e maquiagem. A cena ilustrou o encontro entre diferentes gerações musicais, que aconteceu no Fantástico desse domingo (25). Ele foi promovido pelo quadro Você Por Aqui?, que colocou Sidney Magal diante de Pabllo Vittar.

Na conversa, o cantor veterano confessou para a drag que chegou a criticá-la no início da carreira. A cantora, por sua vez, aproveitou a oportunidade para tietar bastante o ícone musical brasileiro.

LEIA TAMBÉM > Isis Valverde mostra corpo impressionante após cinco dias do parto

"Tô passada com o ícone na minha frente. Quando eu vi o sapato brilhante eu já pensei que era alguém muito chique, mas não esperava um ícone tão grande. Minha mãe deve estar pavorosa em casa neste momento", disse Pabllo Vittar ao perceber que encontrava-se diante de Sidney Magal.

Perguntado por Pabllo Vittar sobre sua opinião acerca do "rolê drag", ele diz: "Lá no comecinho, em 1970, muitas drags apresentavam-se em muitas das boates que eu cantava. Eu convivi com várias, e pra mim foi tranquilo ver que vocês tem liberdade para fazer muito mais do que faziam nos anos 70".

Após ter seu look elogiado por Pabllo Vittar, ele desabafa: "Eu não me incomodava em ser chamado de 'bichinha'. Eu já fui chamado várias vezes. Naquela época o preconceito era muito grande contra os homens que dançavam e se expressavam. Existe realmente uma diferença [entre ele e Pabllo] no que diz respeito à aceitação. No meu caso, recebi o apoio de todo mundo. Mesmo dançando e me requebrando, no exterior e na América Latina muitos já faziam".

Pabllo, por sua vez, fala sobre sua geração: "Eu amo ser artista e viver na era digital. É incrível, é o futuro, todo mundo ter acesso à música de todos os gostos. Espero que continue dando voz para as pessoas cantarem, colocarem seus pensamentos pra fora, bailarem e curtirem muito".

Ainda no quadro do Fantástico, Sidney Magal aproveitou o momento de mais íntimo e revelou: "Vou ser muito sincero, tô diante de você. Logo nas suas primeiras aparições, quando você veio com todo o gás e botou pra lenhar e chamou atenção, eu fui uma das pessoas que fiz muitas críticas a você. Eu dizia 'Gente, não precisa. Tá muito exagerado, ela tá esquecendo que precisa cantar, tá gritando muito. Até que um dia eu te vi cantar. Realmente está fazendo um bom trabalho".

Últimas notícias