Léo Santos, ex-MasterChef, perde 98 kg e fala sobre bullying no programa

Victor Augusto
Victor Augusto
Publicado em 14/12/2018 às 9:06
Léo Santos (Imagem: Reprodução / Instagram)
Léo Santos (Imagem: Reprodução / Instagram)
Leitura:

Quem visita o perfil de Léo Santos no Instagram pode encontrar dificuldades para reconhecê-lo. É que o ex-MasterChef emagreceu 98 kg e colocou 34 novas tatuagens no seu corpo. A mudança, conta ele ao Yahoo, aconteceu após promessa de fim de ano impulsionada por bullying praticado por ex-colegas do programa.

LEIA TAMBÉM > BBB18 foi o programa de TV mais buscado no Google em 2018

"Meu regime começou oficialmente no dia 1 de janeiro, parecia uma promessa louca dessas de começo de ano. Já tinha iniciado muitos processos de emagrecimento e nada tinha dado certo. Pesquisei sobre a dieta low-carb e, a princípio não tive acompanhamento médico, fiz tudo por conta. Juntei meu trabalho na parte gastronômica com os ingredientes sem carboidrato e fui mudando minha forma de me alimentar", conta Léo Santos ao Yahoo.

O ex-participante ainda pretende lançar um livro virtual com receitas que aprendeu com carboidratos. O emagrecimento, segundo Léo, começou com a ansiedade das semanas antes do programa.O sentimento, conta ele, foi impulsionado pelas provocação dos colegas.

"A galera de casa acha que é tudo muito lindo, que é só o que eles assistem na televisão. Passei por muito bullying na internet, mas não acontecia só nas redes sociais, rolava também nos bastidores do programa. Ouvia coisas como: ‘o Leonardo pegou uma cesta cheia no supermercado para comer na bancada’; ‘os chefs te avaliam bem porque têm pena, porque você é gordo e pobre’ e ‘esse gordo ridículo tem que sair’. Os nomes prefiro nem citar, por uma questão jurídica, mas quem acompanhou sabe quem são os que eu não quero ter nenhum contato. São pessoas ruins de verdade e que o público julgava como maravilhosos", revela.

Apesar disso, o gastrônomo afirma que utilizou as provocações como combustível para sua força de vontade: "Toda vez que queria comer um pacote de salgadinho ou uma barra de chocolate, ia nas minhas redes socais, lia os xingamentos e eles me impulsionavam a continuar na dieta. É aquela história, tudo tem sempre um lado positivo e negativo. Hoje, meio que tenho que agradecer a essas pessoas que me xingaram, porque isso me deixou mais forte".

Últimas notícias