Marighella: longa de Wagner Moura sofre boicote em site de críticas

Igor Guaraná
Igor Guaraná
Publicado em 20/02/2019 às 16:04
'Marighella' é o primeiro filme dirigido pelo ator Wagner Moura. Foto: Divulgação
'Marighella' é o primeiro filme dirigido pelo ator Wagner Moura. Foto: Divulgação
Leitura:

Marighella, primeiro longa dirigido pelo ator Wagner Moura, acaba estrear no Festival de Berlim com aplausos da crítica especializada. Porém, usuários brasileiros resolveram dar nota baixa para o filme no IMDB, site que reúne informações sobre produções de cinema e televisão, além de críticas sobre diversos filmes.

LEIA MAIS: Filme de Wagner Moura, 'Marighella', é aplaudido no Festival de Berlim

O único problema é que a película nem se quer estreou no país, sendo impossível sua avaliação tão baixa. No site, Marighella possuí 29 mil avaliações e uma nota média de 2.9. Com a campanha negativa contra o filme, o IMDB suspendeu seu sistema de avaliação para o longa. A suspeita é que bots, programas de computador fabricados para automatizar procedimentos repetitivos, tenham sido utilizados na estratégia de negativar sua nota no site, mas nada foi confirmado até o momento.

LEIA MAIS: Com direção de Wagner Moura, 'Marighella' ganha primeiro cartaz

Antes da exibição de Marighella, Wagner explicou que o filme não é uma crítica ao atual governo. “Espero que ele seja maior que o governo Bolsonaro, e é a primeira resposta da cultura a situação atual. Marighella fala de uma pessoa que resistiu naquela época e se dirige a quem resiste agora: a comunidade LGBT, negros, moradores de favelas...”, afirmou ele.

O filme

O longa narrará a vida do guerrilheiro baiano Carlos Marighella até 1969, quando faleceu em uma emboscada por policiais. A polêmica em torno do longa é justamente pelo seu personagem-título, que tanto é lembrado como um símbolo de resistência contra a ditadura, quanto um terrorista. Seu Jorge, Adriana Esteves, Humberto Carrão e Bruno Gagliasso fazem parte do elenco.

Últimas notícias