Príncipe Harry diz que Meghan Markle não participará de "jogo que matou Diana"

Igor Guaraná
Igor Guaraná
Publicado em 22/10/2019 às 18:49
Harry causou polêmica em documentário exibido no último fim de semana. (Karwai Tang/WireImage/Getty Images)
Harry causou polêmica em documentário exibido no último fim de semana. (Karwai Tang/WireImage/Getty Images)
Leitura:

No polêmico documentário Harry & Meghan: An African Journey, exibido no último fim de semana pela ITV, mostra o príncipe Harry preocupado com o "assédio" da imprensa britânica à Meghan Markle. Ainda na entrevista, o monarca afirma que a morte de sua mãe, a princesa Diana, há 22 anos atrás, ainda é dolorosa e culpa "o jogo da mídia" por tê-la matado.

LEIA MAIS: Príncipe Harry e Meghan Markle processam tabloide britânico

No último mês, Meghan processou um jornal por assédio e, com isso, Harry teme que o mesmo tratamento dado para sua mãe seja implementado para sua mulher. "Tudo que ela passou e o que aconteceu com ela está incrivelmente à flor da pele todo santo dia, e isso não é paranoia minha. É que não quero uma repetição do passado", disse o príncipe.

LEIA MAIS: Amiga de Meghan Markle afirma que duquesa é vítima de racismo

"Tudo que precisamos é nos concentrar em sermos verdadeiros e nos concentrar em ser as pessoas que somos e defender aquilo em que acreditamos. Não serei coagido a participar de um jogo que matou a minha mãe", completou Harry no vídeo exibido no domingo, 20.

Últimas notícias