YouTube afirma que não restringiu clipe de Pabllo Vittar: "Estamos aqui para ajudar, arrasa!"

Igor Guaraná
Igor Guaraná
Publicado em 21/01/2020 às 15:45
Pabllo Vittar por Stevens Añazco. Foto: Instagram/TIME/Stevens Añazco
Pabllo Vittar por Stevens Añazco. Foto: Instagram/TIME/Stevens Añazco
Leitura:

O YouTube respondeu às supostas restrições ao clipe Parabéns, da cantora Pabllo Vittar. Em nota enviado ao UOL, o site afirma que não fez nenhuma alteração no vídeo, e que se algo aconteceu, tal atitude partiu da equipe da própria cantora.

LEIA MAIS: Pabllo Vittar ganha versão Funko Pop

"O conteúdo do vídeo não viola as políticas do YouTube e foi enviado com restrição de idade pelo usuário que fez o envio. Configurações de restrição de idade podem ser editadas pelo YouTube Studio. Se precisar, estamos aqui para ajudar! Arrasa", disse a plataforma de vídeos do Google.

Censura

Pabllo Vittar teve o clipe de Parabéns censurado pelo YouTube Brasil nesta segunda-feira, 20. O vídeo, que até o momento soma mais de 50 milhões de visualizações na plataforma, foi limitado para determinados usuários e, antes mesmo de sua exibição, um aviso é mostrado: “Este vídeo pode ser impróprio para alguns usuários”.

Através dos stories, Pabllo falou sobre "censura seletiva" e disse que tomará as devidas providências. “Como vocês viram ontem, meninas, recebemos uma restrição de idade no clipe de Parabéns porque estou lá segurando um copo de vodka. Sendo que já havia uma mensagem lá dizendo ‘beba com moderação’. E mesmo assim eles quiseram restringir para maior de idade”, disse ela, que pretende acionar à Justiça.

Últimas notícias