Isolado, humorista Paulinho Serra relata choro e preocupação: "Minha filha nasce em abril"

Igor Guaraná
Igor Guaraná
Publicado em 23/03/2020 às 14:36
Paulinho Serra demonstra preocupação com isolamento causado pelo coronavírus. Foto: Reprodução/Instagram
Paulinho Serra demonstra preocupação com isolamento causado pelo coronavírus. Foto: Reprodução/Instagram
Leitura:

O humorista Paulinho Serra, conhecido por seus trabalhos na extinta MTV, compartilhou com os seguidores sua preocupação acerca do isolamento causado pela pandemia do coronavírus. Através do Twitter, ele revelou ter chorado pela primeira neste período. "Hoje chorei pela primeira vez. Estou superpreocupado, minha esposa está grávida e com dois filhos. O nascimento está previsto para o final de abril", desabafou.

"Bagulho tenso. Mas ainda assim tenho fé e estou me preparando pra todos os cenários possíveis", completou Paulinho, que recebeu apoio de Marcelo Adnet. Ainda nos tuítes, Serra falou sobre a difícil situação trabalhista, que impede o comediante de realizar seus shows.

"Minha filha nasce final do mês de abril, no pico da pandemia e talvez eu esteja 4 meses sem salário. Eu to desesperado, medo de surtar. Não posso fazer show e sem salário o que vou fazer?", questionou o comediante, referindo-se à Medida Provisória do presidente Jair Bolsonaro, na qual suspende contratos de trabalho por quatro meses. Hoje, após críticas, o político revogou tal medida.

"Hoje desejei a morte de alguém e estou aqui para pedir desculpas. Estou sob muito estresse e acabei me excedendo. Bastava um exame de sanidade mental, ao invés da morte. Só isso já dava pra se livrar do traste", disparou Paulinho.

Últimas notícias