Zeca Camargo é demitido da Globo após 24 anos de emissora

Igor Guaraná
Igor Guaraná
Publicado em 27/05/2020 às 17:06
Zeca Camargo deixa TV Globo após 24 anos de serviços prestados. Foto: Raphael Dias/TV Globo/VEJA
Zeca Camargo deixa TV Globo após 24 anos de serviços prestados. Foto: Raphael Dias/TV Globo/VEJA
Leitura:

O jornalista Zeca Camargo foi oficialmente desligado da Globo na tarde desta quarta-feira, 27. Segundo à Veja, a demissão do apresentador faz parte do plano da emissora para reduzir os gastos com seu elenco. Ainda em 2019, circularam boatos que o salário de Zeca, cerca de R$ 300 mil mensais, teria sido reduzido.

LEIA MAIS > Bolsonaro morto por Lady Gaga? Pernambucano cria animação em que cantora assassina presidente com cloroquina

Ao que tudo indica, Camargo não teria aceitado o encolhimento dos seus proventos, deixando seu relacionamento com o canal estremecido. A revista afirma ainda que os cortes devem continuar nos próximos dias, sendo o departamento de teledramaturgia, dirigido por Silvio de Abreu, o mais afetado.

Através do Instagram, Zeca agradeceu seus 24 anos dentro da emissora carioca. "Tudo que tenho pra dizer - e agradecer - sobre esse novo ciclo está aí. Você que me acompanha aqui sabe que tudo que sempre busco são novos horizontes", escreveu o jornalista na publicação. Confira:

Confira o comunicado oficial da Globo:

"Após 24 anos de uma trajetória conjunta, marcada por uma parceria de muito respeito e sucesso, o apresentador Zeca Camargo se despede da Globo. Profissional multitalentoso, Zeca chegou à emissora em 1996 como apresentador e coordenador de projetos e novos formatos do Fantástico. No programa, foi responsável pela criação de diversas séries e comandou entrevistas com grandes artistas internacionais como Paul McCartney, Mick Jagger, Madonna e Lady Gaga. Levou sua paixão por viajar para o dominical nas centenas de viagens que fez através das séries ‘Aqui se Fala Português’ (1998), ‘A Fantástica Volta ao Mundo’ (2004), entre outras. Coube a Zeca também a apresentação do primeiro reality do país, ‘No Limite’, lançado em 2000. No gênero, ele comandou ainda ‘O Jogo’ e ‘Hipertensão’. Em 2013, Zeca deixou o Fantástico e partiu de vez para o entretenimento, quando assumiu a apresentação da nova fase do ‘Vídeo Show’. E em 2015 se juntou ao time de apresentadores do ‘É de Casa’, matinal que apresentou até o começo de maio, antes de sair de férias."

Últimas notícias