"Vontade de dar uma voadora nele", diz Mart'nália sobre pres. da Fundação Palmares, que ofendeu Martinho da Vila

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 09/08/2020 às 15:26
Martinho da Vila e Mart'nália - Foto: Cristina Granato / reprodução
Martinho da Vila e Mart'nália - Foto: Cristina Granato / reprodução
Leitura:

Mart'nália concedeu entrevista ao Extra falando, sobretudo, sobre seu pai, Martinho da Vila, que deverá ser enredo do próximo Carnaval da Vila Isabel, escola de samba do Rio de Janeiro. Na conversa, o repórter também lembrou quando o controverso presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, ofendeu Martinho ao chamá-lo de "vagabundo" que "deveria ser mandado para o Congo".

Perguntada como se sentiu, Mart'nália respondeu: "Sensação de muita raiva. Sei lá. Sabe quando você fica meio em choque? Não sabe se tem vontade de dar uma porrada no cara... Pensei: 'não é possível que eu esteja vivendo isso, por causa desse sujeito que não tem história'. Mas ele é um sozinho no mundo. Ele é um egum sozinho. Deixa que os orixás cuidem dele. Ele é um nada, que nem o governo".

Quando o repórter questiona se Mart'nália teve vontade de bater, responde: "Fácil, juro. Se ele passasse na minha frente, c.! Sabe, enfiar-lhe a porrada? Se eu ia apanhar, não sei. Mas vontade de dar uma voadora nele e f...-se. Ia ser processada e tal. Vou te dizer a verdade: ele que não passe na minha frente".

LEIA TAMBÉM:

William Bonner “lambe as crias” em entrevista: “São pessoas do bem”

Últimas notícias