Julgamento do ex-BBB Felipe Prior em casos de estupro acontecerá em 2021

Anneliese Pires
Anneliese Pires
Publicado em 01/10/2020 às 14:28
Felipe Prior, do BBB20 (Foto: Reprodução/Internet/TV Globo)
Felipe Prior, do BBB20 (Foto: Reprodução/Internet/TV Globo)
Leitura:

O Tribunal de Justiça de São Paulo acatou uma acusação de estupro contra o ex-BBB Felipe Prior e determinou que a audiência de instrução e julgamento do caso aconteça em 10 de maio de 2021. As informações são da colunista Monica Bergamo.

Ex-BBB Flayslane chama Felipe Prior de “mentiroso” e “ingrato”; ambos deixam de se seguir nas redes

Em agosto, a 1ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo concluiu o inquérito policial e chegou a pedir o arquivamento do caso, mas o Ministério Público, no entanto, optou por apresentar denúncia no mesmo mês. "Verifico que as provas que instruem a denúncia demonstram a materialidade do crime e suficientes indícios a atribuir autoria. Não é caso de rejeição liminar, portanto, recebo a denúncia", afirmou o juiz Luiz Guilherme Angeli Feichtenberger em sua decisão. O processo corre em segredo de Justiça.

Ex-BBB Felipe Prior é denunciado por estupro pelo Ministério Público de São Paulo

Em reportagem publicada pela revista Marie Claire Brasil em abril, o arquiteto teria cometido os crimes entre os anos de 2014 e 2018. Uma das supostas vítimas, afirmou que ela e uma amiga teriam aceitado uma carona de Prior ao sair de um jogo em uma competição universitária. Após deixar a outra menina em casa, o ex-BBB teria parado o carro na rua e a estuprado.

Outra estudante acusou o ex-brother de tentativa de estupro em 2016, nos jogos universitários. Ele teria aproveitado seu estado de embriaguez e teria tentado forçar um ato sexual mesmo sem preservativo.

Últimas notícias