Elba Ramalho sugere que comunistas estão "por trás" da pandemia com intuito de destruir os cristãos; assista

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 05/01/2021 às 20:04
Elba Ramalho - Foto: reprodução
Elba Ramalho - Foto: reprodução
Leitura:

Elba Ramalho ganha mais uma manchete relacionada à covid-19. É que, nesta terça-feira (5), viralizou vídeo em que a cantora sugere que "os comunistas" estão "por trás" da pandemia da covid-19 - doença causada pelo coronavírus - com o intuito de destruir os cristãos. Isso mesmo... "Nós somos o incômodo, o calo dos comunistas. Somos nós, cristãos", diz a cantora, como que justificando sua estranha ideia. A fala é dita no que parece uma das muitas lives que Elba tem transmitido ou de que tem participado rezando o terço.

"Estamos aqui, cristãos, sobrevivendo. E vamos sobreviver a essa turbulência que a humanidade está atravessando. Para muitas pessoas é apenas uma pandemia, para nós - o senhor sabe e eu sei - é muito mais coisa por trás dessa pandemia e que vem ainda com o intuito de nos destruir. Nós somos o incômodo, o calo dos comunistas. Somos nós, cristãos, mas nós somos também a resistência e vamos permanecer fiéis, porque Deus vai nos proteger", falou Elba Ramalho na live.

No Instagram, a jornalista Malu Fontes, que compartilhou vídeo com o exato trecho da live de Elba Ramalho, comentou com ironia: "Ácido hialurônico provoca visões do fim do mundo", referindo-se ao preenchimento facial de que a cantora faz uso.

A propósito, em setembro, Elba Ramalho testou positivo para o coronavírus. De acordo com a artista, à época, não foi nada grave. No entanto, a covid-19, só no Brasil, já provocou quase 200 mil mortes, sem ser levada a sério pelo governo e por parte da população, que, negacionista, por diferentes razões, menosprezam a crise de saúde.

Caso de polícia

No dia 29 de dezembro, a Polícia Militar de Porto Seguro, Bahia, encerrou uma festa com cerca de 700 pessoas na casa de Elba Ramalho em Trancoso, destino luxuoso do Sul da Bahia. A cantora, no entanto, argumentou que a festa não foi dada por ela nem que estava, mas que a responsabilidade seria do inquilino. A paraibana disse, ainda, que havia alertado para a realização de eventos com, no máximo, 200 pessoas.

Na cauda da repercussão do que houve em Trancoso, o ator Tuca Andrada publicou vídeo em que Elba Ramalho aparece numa festa sem máscara, já durante a pandemia - o que é confirmado pois algumas pessoas usam a proteção. O ator teceu crítica: "O problema, Elba, é que muitos de nós, artistas brasileiros, perdemos a noção pedagógica que nosso trabalho exige". Ele continuou: "Uma estrela de primeira grandeza como você estar numa aglomeração, sem mascara, quando já temos 200.000 mortos e um governo totalmente irresponsável e genocida, que zomba dos mortos, causa espanto sim e também muita tristeza".

Últimas notícias