'The Voice +': Pernambucana é aprovada nas audições às cegas

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 24/01/2021 às 16:31
Ceiça Moreno no The Voice + (Imagem: Reprodução)
Ceiça Moreno no The Voice + (Imagem: Reprodução)
Leitura:

Ceiça Moreno cantou sua aprovação nas audições às cegas do The Voice +, que foi ao ar neste domingo (24). A pernambucana de 74 anos deslizou seus dedos ágeis pela sanfona e soltou voz aconchegante e forte para performance de Que nem jiló, clássico de Luiz Gonzaga. Ela é natural de Moreno e fez virar a cadeira de Claudia Leitte. Confira aqui a apresentaçao.

Questionada pela jurada sobre nervosismo, a pernambucana explica que, mesmo após anos de palco, sentiu a pressão: "A emoção é justamente de estar neste palco diante de vocês, porque isso eu já faço a muito tempo, mas é uma coisa muito nova, eu nem seu explicar. Depois de tantos anos, nunca senti um medo como eu senti hoje".

LEIA TAMBÉM > Cantor recifense Geraldo Maia está no The Voice+

Ela começou a cantar aos 4 anos, mas sempre seguindo as ordens da mãe de não abandonar seus estudos formais. Após cursar pedagogia, começou a licenciatura em música na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e começou a reger coro polifônico.

"A minha vida toda é de música, mas a sanfona sempre foi minha história, minha vida. Estar no palco sem sanfona, é como se estivesse nua", brincou Ceiça Moreno. No final da apresentação, Daniel pediu para que a pernambucana cantasse um pouco mais. Ela homenageou sua terra cantando um trecho da Ave Maria, de Maria Bethânia.

Últimas notícias