Licínio Dias vira música; uma mistura de fado com xote

MIRELLA MARTINS
MIRELLA MARTINS
Publicado em 16/03/2021 às 9:03
Licínio Dias  (Foto: Fabiana Gonçalves/Divulgação)
Licínio Dias (Foto: Fabiana Gonçalves/Divulgação)
Leitura:

A Rua das Pretas, em Lisboa, é um delicioso sarau. Nos últimos três anos, esteve em cartaz em belo palacete no Príncipe Real até migrar para o palco do Coliseu dos Recreios - maior teatro português .

Leia também
Licínio: o empresário que reinventou a noite em PE

Um dos cabeças, Pierre Aderne, tornou-se amigo de Licínio Dias e o homenageou com uma mistura de fado com xote. Chama-se "Eu Sou Saudade - pra painho".

App_Image_2021-03-16_at_16.54.24_1_ -
App_Image_2021-03-16_at_16.54.25_1_ -
App_Image_2021-03-16_at_16.54.25_2_ -
App_Image_2021-03-16_at_16.54.25_3_ -
App_Image_2021-03-16_at_16.54.26_1_ -
App_Image_2021-03-16_at_16.54.26_2_ -
atsApp_Image_2021-03-16_at_16.54.24 -
atsApp_Image_2021-03-16_at_16.54.27 -

"Há 8 anos em Lisboa, conheci Licínio Dias, sua filha Eduarda e Luís Patrão . Além desta aprazível noite, tivemos o prazer de partilhar algumas noites e dias juntos em Portugal, a desfrutar o amor pelo vinho e pela música . Quando Licínio nos deixou, Eduarda perguntou-me se eu poderia escrever uma música em sua homenagem . Alguns dias depois, ao acordar na primeira luz da manhã de minha casa em Lisboa, chegou letra e melodia tal qual um presente . A inspiração para “ Eu Sou saudade". Entre um fado e um xote ao lembrar da elegância da pessoa de Licínio Dias a música nasceu .

Últimas notícias