Demi Lovato revela que sofreu abuso sexual de traficante no dia em que teve overdose

Samantha Oliveira
Samantha Oliveira
Publicado em 17/03/2021 às 9:25
Demi Lovato (Foto: Reprodução/Instagram/Amanda Charchian)
Demi Lovato (Foto: Reprodução/Instagram/Amanda Charchian)
Leitura:

São chocantes os relatos da cantora Demi Lovato durante a sua entrevista ao New York Times. Na conversa, ela revela que foi abusada sexualmente na noite em que sofreu uma overdose, em 2018.

LEIA TAMBÉM: ‘Chorão: marginal alado’ tem primeiro trailer divulgado

A experiência de quase ter morrido acarretou em três derrames, uma parada cardíaca e falência dos órgãos. Além disso, Demi Lovato também sofreu de pneumonia por ter se asfixiado com seu próprio vômito; e uma perda de visão temporária, que acarretou em sequelas até os dias atuais.

A cantora pop também conta que passou dois meses até que enxergasse bem novamente; ou o "suficiente para ler um livro". Por conta disso, Demi Lovato não pode mais dirigir.

Além da entrevista, Demi conta sobre os traumas sofridos e sua recuperação no seu novo documentário, 'Dancing With The Devil'. Ao todo, são quatro episódios, lançados no próximo dia 23 de março. Um CD homônino também será lançado no dia 2 de abril.

Abuso

O episódio de overdose de heróina, em 2018, acabou acarretando mais traumas para Demi Lovato. Sóbria há seis anos, ela foi abusada sexualmente na mesma noite que usou as drogas.

LEIA TAMBÉM: Mãe de Demi Lovato comenta overdose da filha: “Não sabíamos se ela sairia dessa ou não”

Demi Lovato revela que foi violentada pelo traficante que havia levado as drogas. Ela afirma que o homem a abusou e a deixou à beira da morte.

Últimas notícias