Dadá Boladão sobre reconhecimento de Cardi B: "Dá certeza de que meu trabalho está sendo bem feito"

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 22/03/2021 às 19:28
Dadá Boladão chamou atenção de Cardi B com música 'Surtada' (Imagem: Reprodução)
Dadá Boladão chamou atenção de Cardi B com música 'Surtada' (Imagem: Reprodução)
Leitura:

As fortes batidas do bregafunk e a voz de Dadá Boladão chegaram aos ouvidos de Cardi B com Surtada (2019) e levaram a artista a querer gravar o sucesso feito pelo pernambucano em parceria com Tati Zaqui e Oik. A publicação da estrela pop mostra o crescimento dos olhares para esse ritmo único, nascido nas periferias do Recife como uma variação do funk carioca misturado com o tecnobrega.

LEIA TAMBÉM > Hulk Paraíba se declara para Camila Ângelo, sobrinha da ex-mulher: “Mudou a minha vida”

Em entrevista ao Jornal do Commercio, Dadá Boladão falou sobre o momento da sua carreira, os nuances bregafunk e o reconhecimento de Cardi B.

Falando em ritmo, nota-se que os ouvidos da estrela contam com uma herança musical próxima ao Brasil. Seu pai é da República Dominicana, país do Caribe onde canções brasileiras são já fizeram sucesso adaptadas ao espanhol.

O recifense revelou que demorou um pouco para saber da publicação da cantora estadunidense, pois estava sem celular. Foi somente de noite, ao pegar um aparelho e ver mensagens de Tati Zaqui e publicações no Instagram, que o cantor viu a menção de Cardi B.

"Eu fiquei surpreso e feliz pra caramba, até agora a ficha não caiu. Eu fico feliz demais, me dá a certeza de que meu trabalho está sendo bem feito. Além disso, fico alegre de estar levando o bregafunk por onde eu passo. Isso só me motiva a estar fazendo mais músicas e cantando pra geral", comentou Dadá Boladão.

Perguntado sobre como está sendo a aproximação com Cardi B, ele diz que a equipe da Kondzilla, gravadora com a qual assinou em 2019, "está atrás, tentando entrar em contato para organizar tudo e ver se dá certo. (...) Depois que eu fui pra Kondzilla, comecei a tocar no Brasil todo e conhecer vários artistas. Foi muito bom, me trouxe muito aprendizado".

Em tempo, foi com esse selo musical que Dadá Boladão lançou o clipe de Surtada. Com 264 milhões de visualizações no YouTube, pode-se dizer que o vídeo é um dos principais expoentes da faixa. O videoclipe, inclusive, nasceu junto com sua filha, Anna Clara, no dia cinco de setembro. Quando o cantor finalizou as gravações em São Paulo, recebeu a notícia no nascimento da pequena, no Recife.

Bregafunk e Dadá Boladão são sucessos nacionais

Antes de chegar aos ouvidos de Cardi B, o recifense chamou atenção de grandes nomes da música nacional. Solange Almeida (em dueto com Ivete Sangalo) e Wesley Safadão já cantaram outro sucesso do pernambucano, Revoltada. Recentemente, ele gravou Afrontosa com Claudia Leitte.

"Eu acho massa o brega estar ganhando novos espaços, é muito gratificante. A gente via que o bregafunk só tocava aqui e agora não está só tocando no Brasil como no mundo, mais artistas de fora estão gravando e cantando o bregafunk", celebra.

Dadá Boladão (Imagem: Divulgação)

Além de Tati Zaqui, Dadá já gravou com nomes como Kevinho e outros representantes do funk paulista, dando uma nova cara ao bregafunk recifense. Sobre a mistura, ele opina: "Vejo com bons olhos, o bregafunk pode se misturar com todos os ritmos, com funk, com pagode, com rap etc. O bregafunk é uma junção de ritmos, o que pode facilitar sua saída do Brasil".

Apesar do sucesso do seu bregafunk entre os famosos — não raramente a voz de Dadá Boladão embala stories ou reels de personalidades como como Lore Improta — e anônimos, nem todos os lugares receberam bem a música de Dadá Boladão num primeiro momento.

"Depois que eu estourei com Surtada foi bem aceito, foi conquistando. Quando eu chegava todo mundo queria fazer como fazia o passinho, como fazia o ombrinho etc. Mas, antes, eu lembro de chegar em alguns lugares e não ser bem aceito", desabafou.

O mundo ouve o bregafunk

Mesmo em alta, Dadá Boladão segue pensando no próximo passo, que seria consolidar o ritmo nas terras estrangeiras. Ele, inclusive, já cantou em Portugal.

"A gente que está na luta sempre sonha com as melhores coisas do mundo. Me imagino cantando, rodando o mundo. "Fui muito bem recebido em Portugal, todas as casas de shows estouraram. Tinha até uma turnê na Bélgica e na Espanha, mas chegou a pandemia e tive que cancelar. (…) Meu plano é a retomada, mas a gente sempre está trabalhando. Estamos sempre pensando em conteúdos, músicas e clipes".

Com o burburinho causado pela publicação de Cardi B, também chegaram as críticas. No Twitter, houveram reclamações sobre um suposto complexo de vira-lata por causa da celebração do reconhecimento internacional.

Sobre o assunto, Dadá Boladão responde: "Eu acho que vai muito de cada pessoa, mas não encaro com uma opinião de todos. Eu acho esse reconhecimento uma coisa da hora, principalmente para quem cria o conteúdo de bregafunk, quem grava. O que importa é o crescimento do bregafunk e de quem faz parte desse movimento".

Últimas notícias