Ivete Sangalo rebate cobrança do secretário de Saúde da Bahia: "Não me faça ensinar o seu trabalho"

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 28/03/2021 às 17:12
Ivete Sangalo; Fábio Vilas-Boas, secretário de Saúde da Bahia - Fotos: reprodução
Ivete Sangalo; Fábio Vilas-Boas, secretário de Saúde da Bahia - Fotos: reprodução
Leitura:

Ivete Sangalo e o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, se desentenderam na tarde deste domingo (28), após ele cobrar dela um maior envolvimento em questões sociais, questionando a cantora sobre ações em combate à pandemia ou de ajuda aos efeitos da crise. A publicação foi feita pelo gestor público no Twitter, numa postagem da artista sobre o dia do fã: "Você deveria ser mais envolvida em questões sociais. O Brasil está no caminho do colapso na saúde. O que você fez para ajudar a evitar?".

Apesar de ser conhecida por não alimentar atritos, pelo menos publicamente, Ivete Sangalo não deixou passar a provocação feita por Fábio Vilas-Boas e respondeu a ele na própria rede social. Numa sequência de três posts, Ivete diz que ele desconhece o seu trabalho e pediu respeito. Ainda escreveu: "Não me faça ensinar o seu trabalho, pois não permitirei que faça o meu".

Acompanhe:

"Boa tarde, sr. secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas. Venho por meio dessa rede social, a qual o sr. utilizou para revelar o quanto pouco me conhece e o quanto pouco conhece acerca da maneira que trabalho e da forma que realizo as atividades as quais me disponho.

Não o conheço. Me respeite! O sr. definitivamente desconhece os meus feitos. Aplique as suas impressões a ações que são da sua responsabilidade. Pratique isso com os seus, em busca de resultados para aqueles que o colocaram nessa posição, trabalhe para o povo.

Não gosto de politicagem. Isso já está claro para todos que me acompanham. Cada um deve saber das suas responsabilidades, portanto, me respeite quando for falar ao meu respeito. Não me faça ensinar o seu trabalho, pois não permitirei que faça o meu. Sem mais, Ivete Sangalo."

A resposta de Ivete Sangalo levou Vilas-Boas a uma mea-culpa. O secretário de Saúde se desculpou: "Se fui mal interpretado, peço desculpas. Nessa luta diária contra esse inimigo invisível, trabalhamos incansavelmente para salvar vidas, porém, infelizmente, cerca de 15 mil baianos morreram. Nesta batalha diária em prol da vida, busco a união e solidariedade de toda a sociedade".

O gestor tratou, ainda, de deixar claro que não tem nada contra a classe artística: "Quero deixar claro meu total respeito e admiração pelo mundo artístico e cultural. São pessoas que muito contribuíram e contribuem com a sociedade e, neste momento, entendo que passam por um momento extremamente delicado em virtude da pandemia".

Doação

Em se tratando de ajuda com doações, o governador da Bahia, Rui Costa, anunciou na sexta-feira (26) que Ivete Sangalo doou mil camas box e cinco mil roupas de cama para pacientes infectados pelo novo coronavírus em tratamento em Salvador. A contribuição foi feita junto com uma loja de móveis e eletrodomésticos, que doou mil colchões e mil travesseiros.

Já no Instagram, a cantora tem reforçado a recomendação das autoridades de saúde para que as pessoas fiquem em casa e evitem o avanço do contágio. Ela mesma se mostra em isolamento social.

Últimas notícias