Globoplay anuncia estreia de documentário sobre Karol Conká com choro da artista e trocadilho no título

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 11/04/2021 às 13:07
A eliminação de Karol Conká atingiu picos de publicidade e audiência (Foto: Reprodução/TV Globo)
A eliminação de Karol Conká atingiu picos de publicidade e audiência (Foto: Reprodução/TV Globo)
Leitura:

A Globoplay, plataforma de streaming do Grupo Globo, anunciou a estreia do documentário sobre Karol Conká, a rapper que participou do "Big Brother Brasil 21" e saiu com a histórica rejeição de quase 100%, um recorde mundial entre todas as versões do "Big Brother" pelo mundo. O título do filme é "A Vida Depois do Tombo", um trocadilho com a música de maior sucesso de Karol, "Tombei". A estreia será no dia 29.

"A Vida Depois do Tombo" mostra como Karol Conká lidou com a participação no "BBB21": a saída com rejeição recorde de 99,17% e o cancelamento que enfrentou devido ao seu comportamento equivocado na casa do reality show. Na primeira prévia da produção, ela aparece chorando. "Depois do tombo, a gente faz o que? A gente levanta!", diz ela. Assista ao teaser:

LEIA MAIS SOBRE O "BBB21"

Operação descancelamento

Karol Conká foi eliminada do "BBB21" no dia 23 de fevereiro num paredão contra Arthur e Gilberto. A torcida pela saída da rapper foi algo nunca visto antes, com campanhas feitas inclusive por marcas, que concediam descontos via hashtags e cupons do tipo #ForaKarolConka. O nome da rapper, que já era bastante conhecida num nicho do show business e da televisão, tornou-se nacional, mas negativamente.

A eliminação de Karol Conká foi a primeira vez em que o "Big Brother Brasil" inseriu intervalo comercial entre a saída de um participante e sua chegada no estúdio para falar com o apresentador. A novidade foi vista como uma estratégia para que a rapper recebesse informações sobre a sua performance no programa e já colocasse em prática um discurso de arrependimento e pedido de perdão.

Na conversa com o apresentador, Tiago Leifert, de fato, ela pediu perdão ao Brasil e pareceu entender que a situação na era boa. Embora, Boninho, diretor do programa, tenha justificado que o intervalo foi preciso para acomodar os anunciantes todos do programa, que, de fato, tem arrecadado bastante com a audiência. O intervalo foi inserido depois em outras eliminações.

Karol Conká participou, no dia seguinte, do "Mais Você", de Ana Maria Braga", como todos os eliminados, onde reiterou seu arrependimento com pedido de desculpas e promessa de busca de tratamento psicológico.

Dias depois, esteve no "Domingão do Faustão" e no "Fantástico", onde falou sobre a carreira. Tamanha a inserção da rapper na grade da TV Globo deixou claro que se tratava de uma "operação descancelamento", que culmina com o documentário que será lançado. O filme, aliás, deve trazer essa peregrinação da artista pelos programas.

Após a ida dela, o programa de Faustão foi incluído no roteiro dos eliminados do "BBB21". Já o "Fantástico", não. Há, ainda, boato de que será possível ver Karol Conká como atriz num novela da Globo.

"A Vida Depois do Tombo" também deve trazer os ataques, inclusive racistas, que, infelizmente, sofreu o filho de Karol Conká, de 15 anos.

Últimas notícias